segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Ceará-Mirim: PF faz busca e apreensão para apurar irregularidades de Marconi



A Polícia Federal deflagrou uma operação na Prefeitura de Ceará Mirim para cumprir mandados de busca e apreensão em documentos relacionados a gestão do ex-prefeito, Marconi Barreto. Estão sendo investigadas possíveis irregularidades em licitação de contratação para transporte escolar na gestão que foi cassada no último mês de agosto pelo TSE.

Estão sendo investigadas possíveis irregularidades em licitação de contratação para transporte escolar na gestão que foi cassada no último mês de agosto pelo TSE.

Algumas secretarias foram visitadas pela PF, que teria levado documentos e computadores.

A Policia Federal não se pronunciou para dar mais detalhes sobre a investigação.

Fonte: Justiça Potiguar

Sem acordo, policiais civis paralisam atividades a partir desta terça-feira



Policiais civis do Rio Grande do Norte decidiram que, a partir desta terça-feira, 5, vão deflagrar a Operação Zero e se concentrar na Central de Flagrantes. A categoria cobra uma nova proposta do Governo do Estado referente ao projeto de reestruturação de carreira, bem como as promoções atrasadas que não foram implantadas, previsão de pagamento dos salários atrasados e melhores condições de trabalho.

A categoria cobra uma nova proposta do Governo do Estado referente ao projeto de reestruturação de carreira, bem como as promoções atrasadas que não foram implantadas, previsão de pagamento dos salários atrasados e melhores condições de trabalho.

A diretoria do SINPOL-RN informa que foi chamada para uma reunião com o Governo na manhã desta segunda-feira, 4, no entanto, não houve nenhum avanço.

“Infelizmente, chegamos às 8h30 no Centro Administrativo e saímos às 16h sem absolutamente nada. A equipe do Executivo abandou, literalmente, a diretoria do sindicato em uma sala, por volta das 12h, e não retornou mais. Somente após termos ligado para cobrar um posicionamento nos foi dito que não havia previsão da possível proposta ser apresentada”, explica Nilton Arruda.

A diretoria então voltou para o SINPOL-RN e repassou as informações aos Agentes e Escrivães. “Diante da insatisfação e do tratamento desrespeitoso que recebemos, ficou deliberado pelo início da Operação Zero”, completa.

Com a deflagração da Operação Zero, os Policiais Civis esperam ser recebidos pela governadora Fátima Bezerra e que ela coloque uma proposta na mesa. “Os rumos do nosso movimento dependerá do próprio Governo. O prazo assinado em um termo de compromisso no dia 23 de julho se venceu em 31 de outubro, então, agora é uma questão de vontade política”.

A diretoria do SINPOL-RN lembra que os policiais civis vêm lutando por valorização pelo trabalho realizado no combate à insegurança. “Nós queremos que o Governo reconheça o esforço que temos feito diariamente, inclusive, por sermos um dos piores efetivos do Brasil, cobramos também a realização do concurso público”.

Com a Operação Zero nesta terça-feira, conforme a deliberação, os Policiais Civis do interior devem se concentrar nas delegacias regionais.

Concurso da Ebserh oferece 64 vagas em hospitais federais do RN; salários são de até R$ 8,6 mil

Hospital Universitário Onofre Lopes é uma das instituições com vagas abertas no concurso da Ebserh — Foto: Cícero Oliveira

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) lançou três editais de concursos públicos com 64 vagas imediatas, além de cadastro no Rio Grande do Norte. As oportunidades são para profissionais de saúde e administrativos. Os aprovados vão atuar em hospitais universitários de Natal e Santa Cruz.

O período para inscrições vai das 9h do dia 6 de novembro até 10h do dia 12 de dezembro. Os salários variam entre R$ 2.451,14 e R$ 8.647,57 - entre as vagas para o estado. O concurso é realizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

As oportunidades são separadas em três editais, para as áreas administrativa, assistencial e médica.Confira os três editais aqui. No estado, as vagas são para o Hospital Universitário Ana Bezerra, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Santa Cruz, e o Hospital Universitário Onofre Lopes, da mesma universidade, em Natal. A Maternidade Escola Januário Cicco, na capital, também tem vagas previstas no edital, mas apenas para cadastro de reserva.

Para o Hospital Universitário Ana Bezerra, dentro do edital para a área assistencial, são previstas contratações de 33 técnico de enfermagem, com salários de R$ 3.255,32, e de um fisioterapeuta para terapia intensiva neonatal, com salário inicial de R$ 4.725,21. Dentro da área médica são oferecidas oito vagas para profissionais médicos, sendo uma vaga para cada uma das seguintes especialidades: anestesiologia; diagnóstico por imagem; ultrassonografia geral; endocrinologia e metabologia; endocrinologia pediátrica; ginecologia e obstetrícia; mastologia; pediatria; radiologia e diagnóstico por imagem. Os salários são de R$ 8.647,57.

Já no Hospital Universitário Onofre Lopes há uma vaga na área administrativa, para o cargo de assistente administrativo, com salário de R$ 2.451,14. Também são oferecidas, no edital para a área assistencial, 16 vagas para técnicos de enfermagem, com vencimentos de R$ 3.255,32, uma vaga de técnico de análises clínicas - R$ 3.617,48 - e duas de enfermeiro - R$ 6.690,39. O edital da área médica prevê duas vagas para anestesiologia, com vencimento inicial de R$ 8.647,57.


A Ebserh é uma estatal vinculada ao Ministério da Educação, responsável pela administração de 39 hospitais e pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf). Emprega mais de 25 mil pessoas e é a quinta maior estatal do país.

Em todo o país, são 1.660 vagas em 39 unidades hospitalares, além da sede da instituição. São 533 vagas para médicos em 88 especialidades, 998 vagas para a área assistencial e 129 vagas para a área administrativa.


quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Deputado Tomba Farias revela que a maioria dos prefeitos do RN não concorda com acordo proposto pelo governo sobre o Proedi

Tomba_fala_sobre_o_Proedi

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta terça-feira, 15, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) revelou que a maioria dos prefeitos de municípios potiguares não concorda com o acordo feito, na última sexta-feira, entre a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) e o Governo do Estado, para compensar o impacto financeiro do Programa de Estímulo à Indústria (Proedi) nos cofres municipais, com a diminuição do repasse de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Destacando que não houve diálogo com os prefeitos, o parlamentar disse que a FEMURN deveria ouvir a maioria dos prefeitos e não apenas "seis ou sete pessoas, para não decidir sem escutar a maioria". Tomba Farias defende que o governo envie para a Assembleia Legislativa um projeto de lei para tratar do incentivo às indústrias.

O deputado ressaltou ainda que os empresários que defendem o modelo do Proedi propostos pelo governo estadual são os mesmos que, em nenhum momento, se reuniram com a governadora Fátima Bezerra para aconselhá-la a fazer a reforma da previdência.

O parlamentar ainda deixa claro que não concorda com a implantação de um programa de incentivo que penalize e subtraia recursos dos municípios. "Só tem uma solução para esse Proedi, que é tirando recursos dos municípios?", questionou.

Para Tomba, a isenção que a governadora está dando sob o argumento de tratar-se de incentivo para a indústria, está sendo feita "com o chapéu alheio, com um dinheiro que não é dela".

Mossoró registra três homicídios nesta terça e chega a 166 assassinatos em 2019



Mossoró registrou nesta terça-feira, 15, três homicídios em menos de três horas. Os crimes aconteceram no Santa Delmira, Dom Jaime Câmara e no Belo Horizonte. Com as três mortes violentas, o município chega a marca de 166 assassinatos em 2019.

O primeiro homicídio foi próximo ao viaduto do Santa Delmira e teve como vítima Mychael Douglas Silva Oliveira. O rapaz de 24 anos foi morto com mais de 10 tiros de pistola na calçada de uma residência. Segundo informações, ele estava no estabelecimento da família e percebeu a chegada dos criminosos. Mychael ainda tentou fugir, mas foi perseguido e morto a poucos metros do local.

O segundo do dia ocorreu minutos depois no Dom Jaime Câmara. Francisco Ariel da Silva Bernardo, 18 anos, morreu vítima de disparos de arma de fogo. O crime aconteceu na Rua Antônio Filgueira.

O jovem estava sentado na calçada de sua residência com um amigo. Quatro indivíduos em um carro chegaram ao local atirando. Ariel e seu amigo conseguiram entrar na casa na tentativa de se livrar dos criminosos. O adolescente de 18 anos não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. Ainda não há informações se os dois eram os alvos dos atiradores.

Por fim, o terceiro assassinato do dia foi registrado no bairro Belo Horizonte. Por volta das 19 horas, Carlos Freitas de Sales Júnior, também de 18 anos, foi morto a tiros. Carlos Júnior foi atingido com dois tiros na região abdominal e morreu na calçada de uma residência.

Segundo informações, o jovem teria ido com um amigo ao BH matar um desafeto. A dupla foi recebida a bala. Eles abandonaram a motocicleta que estavam e tentaram escapar dos algozes. O amigo de Carlos Júnior conseguiu escapar.

Falta de estrutura nos portos direciona 60% da produção potiguar para o Ceará



Uma semana após a Codern ter negado uma queda nas operações portuárias, apontada em reportagem pelo Agora RN, a recuperação dos portos de Natal e de Areia Branca foi o tema de uma reunião nesta terça-feira, 15, entre a governadora Fátima Bezerra, o vice-governador Antenor Roberto, secretários de Estado, o diretor-presidente da Companhia Docas do RN (Codern), almirante Elis Treidler Öberg, o presidente da Federação das Indústrias do RN (Fiern), Amaro Sales, e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Portuários, Silvano Barbosa.

Um possível descontingenciamento de R$ 7 bilhões, pelo Ministério da Infraestrutura, aumentou a esperança quanto à liberação de uma emenda de R$ 54 milhões da própria Fátima Bezerra, quando ainda era senadora, aprovada pelo Orçamento da União para 2019 e destinada à recuperação do Porto Ilha/Terminal Salineiro (Areia Branca).

“Tratamos aqui na reunião dos investimentos urgentes e necessários para melhorar a infraestrutura portuária do nosso estado, que é fundamental para que a gente possa ampliar os investimentos e gerar mais empregos e renda para o povo do Rio Grande do Norte”, justificou Fátima.

Por sugestão da governadora, a presidência da Codern irá remeter uma carta ao ministro Tarcísio Freitas (Infraestrutura), a qual ela endossará através de contato pessoal, solicitando a liberação dos recursos da emenda (ou parte deles), para que o Porto Ilha, um dos principais meios de escoamento da produção salineira, de frutas e de pescado do estado, seja recuperado. “

Além da liberação dos R$ 54 milhões para este ano, ficou acertado que a Codern irá sugerir uma emenda de no mínimo R$ 40 milhões para a reestruturação portuária do RN. Segundo o presidente da Companhia, Elis Treidler Öberg, o RN perdeu cerca de 15% das operações de fruticultura para o Ceará. “Atualmente 60% da nossa produção vai para lá. Precisamos urgentemente fazer melhorias para atrair de volta as operações”, disse o almirante.

O empresário Airton Torres, que representou os produtores de sal na reunião, admitiu que devido ao sucateamento do Porto Ilha, o Brasil passou a importar o produto, algo inédito. “Estamos perdendo de três a quatro navios por ano. Por causa das nossas deficiências operacionais, estamos em defasagem”, descreveu.

Por conta da diminuição das operações nos portos, o presidente do sindicato dos portuários falou da preocupação dos trabalhadores avulsos quanto à falta de oferta de trabalho e a preocupação dos funcionários da Codern sobre o desmonte do Porto Ilha. “Viemos reforçar o pedido de apoio porque a reestruturação portuária é algo extremamente necessário para o estado”, concluiu.

RN tem 56 pessoas que terão de devolver recursos do Bolsa Família



O Rio Grande do Norte tem 56 ex-beneficiários do Programa Bolsa Família que terão de devolver a recursos recebidos indevidamente, segundo informações do Ministério da Cidadania. O valor total a ser ressarcido aos cofres públicos é de R$ 55,9 mil. Em todo o país, de acordo com informações do Ministério, mais de 5 mil ex-beneficiários terão de ressarcir ao erário. A previsão é de cobrança alcance um montante aproximado de R$ 5,8 milhões.

Cartas com aviso de recebimento estão sendo enviadas às famílias identificadas já com a Guia de Recolhimento da União (GRU) no valor previsto pelo governo federal. Os beneficiários têm até 30 dias para apresentar uma defesa ao Ministério da Cidadania. Caso a defesa não seja apresentada, os ex-beneficiários têm o mesmo período para pagar a guia. O não pagamento implica na inclusão do nome no Cadastro Informativo de Créditos não quitados do Setor Público Federal (Cadin) e no sistema de cobrança do Tribunal de Contas da União (e-TCE).

Os recebimentos irregulares foram identificadas a partir de auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) e de cruzamento de dados com o Tribunal de Contas da União (TCU). De acordo com os dois órgãos de controle, há a suspeita de que essas pessoas tenham prestado informações irregulares intencionalmente ao Cadastro Único para Programas Sociais ou tinham renda superior ao permitido para participar do programa.

Para o secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, a inciativa visa o combate de irregularidades. “Esse repasse não pode ser dado a quem usou de maneira indevida essa oportunidade, que seja devolvido”, apontou o secretário.

O secretário nacional de Renda de Cidadania, Tiago Falcão, explica que as famílias que quitarem o débito com a União poderão ser selecionadas para retornar ao benefício após um ano, se atenderem às regras para participar do programa e após passar por um processo de averiguação das informações. “Não pagando, entrando no cadastro de devedores, as famílias têm limitações para fazer empréstimos, financiamento, abertura de contas, além de não conseguirem certidão negativa de débito junto à União”, explicou. Falcão reforçou que o pagamento da guia encerra o processo imediatamente.

No Rio Grande do Norte, ainda de acordo com o Ministério da Cidadania, no período entre janeiro e agosto, o Bolsa Família beneficiou 364 famílias. O valor total transferido foi de R$ 529 milhões. Natal registra o maior número de benefícios (45.684).

Caminhoneiro é preso por transporte de madeira ilegal e uso de documento falso na Grande Natal

Carreta carregada de madeira ilegal foi apreendida na noite de terça-feira (15), na BR-101, na Grande Natal. — Foto: PRF/Divulgação

Um homem de 38 anos foi preso por transporte de madeira ilegal, na noite desta desta terça-feira (15), no km 103 da BR 101, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal. Ele também deverá responder por uso de documentação falsa e drogas. O caso aconteceu por volta das 19h, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

A carreta Volvo/FH 540 estava transportando madeira nativa serrada. De acordo com a PRF, ao ser questionado sobre a documentação, o motorista apresentou uma guia florestal, mas quando houve a consulta nos sites governamentais, os policiais descobriram que a guia não existia. Os agentes ainda fizeram uma consulta através da leitura de QRCode, o código remetia de maneira fraudulenta para um site não governamental, construído, a princípio, para tentar dar aparência de legalidade ao documento.

Após o detalhamento da fiscalização, foi constatado que a madeira nativa serrada encontrava-se sem documento de origem florestal, o que configura crime ambiental, com pena de detenção de seis meses a um ano e multa.

O condutor, o caminhão e toda a carga foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal em Natal, para as providências cabíveis. Com o motorista, ainda foi encontrada uma cartela de anfetaminas (arrebites), contendo 15 comprimidos. A droga é muito usada por motoristas profissionais para inibir o sono.

Exército se mobiliza para trabalhos de recuperação da BR-226, no RN



O 1º Batalhão de Engenharia de Construção (1º BEC), em Caicó, na região Seridó do estado, está em mobilização para a fase inicial dos trabalhos de recuperação e manutenção da BR-226, no trecho que compreende os municípios de Campo Grande e Florânia.

A obra é resultado de uma parceria entre os Ministérios da Defesa e da Infraestrutura e abrange um trecho de 71,4 quilômetros. O trabalho está previsto para ser concluído em agosto de 2024.

A expectativa é de que, com a conclusão das obras, o tráfego e o escoamento da produção na região aumentem, além de proporcionar mais segurança aos usuários da rodovia.

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Arrombadores de banco e carros-fortes são presos em operação da Polícia Civil

Resultado de imagem para policia civil rn

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu, em operação realizada nesta semana, uma quadrilha, composta por seis homens, especializada em roubos a bancos e ataques a carros-fortes, que atuava principalmente pela região Nordeste.

As prisões foram resultado da operação “Andarilhos”, que foi realizada entre a terça, 8, e a quinta-feira, 10, desta semana. A operação foi um desdobramento de investigações policiais e apreensões de armamento, realizadas no mês de fevereiro, em uma granja no município de Taipu, no leste potiguar.

De acordo com a Polícia Civil, todos os homens eram integrantes de uma organização criminosa.

Marinha vai notificar 30 navios após triagem sobre manchas de óleo

Praia da Sabiaguaba recebe mutirão de limpeza para retirada de manchas de óleo que vazou no litoral nordestino — Foto: José Leomar/SVM

A Marinha do Brasil afirmou nesta quinta-feira (10) que, "após uma triagem das informações do tráfego mercante na região de interesse", está notificando 30 navios-tanque de 10 diferentes bandeiras a prestarem esclarecimentos na investigação sobre a origem do óleo que já atinge 63 municípios de 9 estados do Nordeste brasileiro, e que já provocou a morte de pelo menos 12 tartarugas e uma ave.

"A Marinha entrará em contato com as autoridades competentes dos países dessas bandeiras, com a Organização Marítima Internacional e com a Polícia Federal, visando elucidar todos os fatos. As atividades em curso também têm apoio do Ministério da Defesa e Exército Brasileiro e de instituições dos EUA", diz a nota encaminhada à TV Globo.

Segundo a Marinha, que classificou o fato como um "grave acidente de poluição por óleo", a investigação mobiliza 1.583 militares de 48 organizações diferentes, além de 5 navios, uma aeronave e embarcações e viaturas pertencentes a autoridades ao longo do litoral nordestino, como capitanias dos portos, delegacias e agências.

Triagem de mais de mil navios

A triagem inicial focou em quase 1.100 navios-tanque que circularam entre 1º de agosto e 1º de setembro numa área de 800 km de distância da costa brasileira, entre Sergipe e Rio Grande do Norte, estão sendo analisados. As empresas donas desses navios e seus representantes no Brasil foram consultados para saber se registraram alguma anormalidade, de onde vieram, para onde foram e que tipo de carga estavam carregando.

Festa do Boi 2019 tem início neste sábado; confira a programação



A 57ª edição da Exposição De Máquinas e Implementos Agrícolas do RN, a Festa do Boi 2019, tradicional evento agropecuário da região Nordeste, deve levar ao Parque Aristófanes Fernandes mais de 350 mil pessoas durante uma semana, de 12 a 19 de outubro.

A expectativa é movimentar cerca de R$ 60 milhões em negócios durante os oito dias de evento, gerando 4 mil empregos diretos e indiretos. Este ano, serão 400 expositores espalhados no local. A festa contará ainda com concursos de raças e leilões.

Para Marcelo Passos, presidente da Associação Norte-rio-grandense dos Criadores (Anorc) e anfitrião do evento, a Festa do Boi não é apenas um grande acontecimento setorial reconhecido no Nordeste, é um momento de união e reflexão das classes produtoras. “Nela, o que está em pauta é o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, diz Passos.

Para a governadora Fátima Bezerra, que prestigiou o lançamento da Festa do Boi, o evento reforça a necessidade não apenas de apoio técnico ao setor agropecuário, “mas a necessidade de aporte de crédito para que produtores possam investir em seus negócios, gerando emprego e renda que é o que precisamos”.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Guilherme Saldanha, também deu sua opinião sobre a importância da Festa do Boi. Lembrou que o produtor enfrentou severos sete anos de seca e nesse período investiu o que tinha para não perder a produção, e hoje está descapitalizado.

“A importância das linhas de crédito que serão disponibilizados durante a Festa do Boi é enorme. O Banco do Nordeste e o Banco do Brasil serão expositores este ano e o produtor poderá ter acesso ao crédito mais fácil e simplificado”, resumiu ele.

Já o prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, definiu desta maneira o significado do evento: “Podemos dizer que ele impacta a economia de nosso município por pelo menos trinta dias, porque gera empregos na montagem, durante o evento e na desmontagem. Trata-se de um acontecimento muito importante para Parnamirim”.

A senadora Zenaide Maia, o deputado estadual Coronel Azevedo e o superintendente do Sebrae RN, Zeca Melo, foram unânimes ao ressaltar a dedicação com que os organizadores, a cada novo ano, imprimem ao evento.

Conheça a programação do evento

A Festa do Boi 2019 começa cedinho, às 8h deste sábado, 12, com uma programação especial para a criançada, no dia dedicado a elas.

Às 17h será realizada a solenidade oficial de abertura, comandada pelo presidente da Anorc, Marcelo Passos, e com a presença da governadora Fátima Bezerra, representantes dos parceiros e demais autoridades. Com uma programação de exposições, negócios e lazer diversificada, o evento promete ser uma grande pedida para a família potiguar.

Na programação do dia 12, o destaque é para o parque de diversões, passeio de pônei, fazendinha e espaço aventura, que conta com escalada kids, parque de arvorismo e tirolesa, entre outras atrações. Haverá ainda, na Arena de Shows, o “Show da Criançada”. Lembrando que o acesso ao parque é feito com o pagamento de uma taxa única de R$ 6, sendo cobrado R$ 3 de estudantes e maiores de 60 anos.

No domingo, 13, começam os concursos e leilões, além da exposição de animais puros e mestiços. Bovinos, Equinos Caprinos e Ovinos fazem parte do rebanho que estará no parque ao longo da festa. Serão mais de 350 expositores. 

No total, serão cerca de três mil animais Puros de Origem (PO), com linhagem genética de excelência, oriundos de estados de todo o Nordeste e genética de todo o Brasil, concorrendo nos concursos de raças (realizados nas respectivas pistas de julgamentos). Uma missa campal, celebrada pelo Padre Nunes, às 18h30 antecede o tradicional Leilão da Emparn que será realizado em conjunto com da E.M Leilões.

Na segunda, 14, a programação social tem como destaque o show do humorista Zé Lezin, às 20h. Também será realizada uma Sessão Solene Especial da Assembleia Legislativa, no próprio Parque Aristófanes Fernandes, a partir das 9h do dia 14, em homenagem aos 60 anos da Anorc.

Na terça, 15, será a vez do Leilão da Associação Norte-rio-grandense de Quarto de Milha, com os cavalos da raça.
Na quarta-feira, 16, acontece o leilão de gado leiteiro Nuleite e na quinta, 17, o da raça Sindi (Sindi Estrelas).

Encerrando os leilões, na sexta, 18, será a vez do Leilão Pérolas do Nordeste (gado com aptidão para leite). Apenas com os leilões, estima-se que sejam movimentados cerca de R$ 6 milhões a R$ 6,5 milhões.

Outras atrações serão o desfile de cavalos Quarto de Milha, a Galeria dos Garanhões, e a 13ª Exposição Ranqueada do Cavalo Pônei de Parnamirim, com animais de diversas partes do Nordeste. Os passeios de pôneis, aliás, são uma atração à parte durante todos os dias da Festa do Boi.
Arena de shows

No sábado, 12, sempre a partir das 22 horas, muito forró no palco principal, com os inesquecíveis Beto Barbosa, Walkíria Santos, Eliane e Conde do Forró. Já no sábado 19, o festejado “forró das antigas” invade a festa, com ninguém menos que Mastruz com Leite, Cavalo de Pau, Magníficos e Limão com Mel.

Para mais detalhes sobre toda a programação é só acompanhar as redes sociais da Anorc e da Festa do Boi. No instagram: @agronegociopotiguaranorc e @festadoboianorc e @festadoboi_oficial.

Caixas misteriosas no litoral nordestino são de navio alemão naufragado na 2ª Guerra Mundial, dizem pesquisadores

Mais "caixas misteriosas" são encontradas no Litoral do Ceará, em São Gonçalo do Amarante. — Foto: José Cláudio de Araújo/ Arquivo Pessoal

As caixas misteriosas que apareceram em praias do Ceará e de outros estados do Nordeste são provenientes de um navio alemão que naufragou no litoral nordestino em 1941. A descoberta foi feita por pesquisadores do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará (UFC), quando investigavam a origem das manchas de óleo que surgiram no litoral do Nordeste.

Os materiais são grandes fardos de borracha, mas ainda não se sabe para que eram utilizados. Em uma das caixas havia uma placa metálica com inscrições em alemão, que foi a principal pista para a descoberta da origem das caixas. A placa foi encontrada quando a equipe pesquisava o ponto de vazamento que atinge as praias de todo o Nordeste.

O mistério das caixas começou em outubro do ano passado, após o primeiro aparecimento em Alagoas. No Ceará, os fardos apareceram nas praias de Aracati, Camocim, Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Trairi e Pecém, além do Serviluz, em Fortaleza. De acordo com o professor Luís Ernesto Bezerra, cerca de 200 caixas foram encontradas em todo o litoral.

Comemoração dos 30 anos da constituição do RN: deputado Tomba Farias homenageia a ex-deputada santa-cruzense Ana Maria Cavalcanti

Deputado_Tomba_30_anos_constituio_do_RN

Em sessão solene realizada na manhã desta quarta-feira (09), na Assembleia Legislativa do RN, em comemoração aos 30 anos da Constituição do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) homenageou a ex-deputada estadual santa-cruzense, Ana Maria Cavalcanti, única mulher no plenário da Assembleia Estadual Constituinte de 1989. Durante a solenidade, a ex-parlamentar foi representada por seu filho, Kléber Eriberto Farias Monteiro Cavalcanti, que recebeu a honraria das mãos de Tomba Farias.

Ana Maria, que foi a primeira suplente do PMDB nas eleições de 86, assumindo a cadeira logo no início da legislatura, se destaca como a única mulher a compor os quadros da Assembleia Estadual Constituinte de 1989. A ex-deputada na sua passagem pelo legislativo estadual ainda presidiu a Comissão da Ordem Econômica.

Ao falar sobre a homenagem, Tomba Farias lembrou a importância da passagem de Ana Maria pela Assembleia Legislativa, contribuindo com suas ideias e sugestões para o importante momento da história do Rio Grande do Norte. "A homenagem à deputada Ana Maria Cavalcanti é mais do que justa. Trata-se de uma santa-cruzense que teve um papel de importância no processo de elaboração da nossa constituição estadual, além de ser a única mulher presente no plenário durante a Constituinte de 1989. Esse fato é motivo de orgulho para nosso povo, orgulho para nosso Trairi", assinalou.

Em um dia, Corpo de Bombeiros registra 21 incêndios florestais no RN

Incêndio florestal atinge mata na zona rural do município de Portalegre, no RN.  — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Embora tenha registrado redução no caso de incêndios florestais de janeiro a setembro deste ano, o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte informou que os casos aumentaram 40% nos primeiros dias de outubro na comparação com o mesmo período de 2018. Do dia 1º até a última terça-feira (8) foram 44 casos, contra 31 no ano passado. Somente entre esta quarta-feira (9), o estado teve registro de 21 casos, segundo a corporação.

Os principais incêndios registrados nesta quarta (9) foram no Vale do Açu; Patu, com 350 focos; Currais Novos; Mossoró; Portalegre, que teve três grandes incêndios seguidos; Viçosa e Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal. Outros 11 casos também no entorno da capital.

Os dados foram divulgados pelo comandante-geral da corporação, coronel Luiz Monteiro Júnior, nesta quinta-feira (10). De acordo com ele, no comparativo de janeiro a setembro, o estado estava apresentando redução no número incêndios: foram 269 em 2019, contra 339 no ano passado. Porém a tendência de queda mudou em outubro, com a chegada do tempo mais seco.

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Com pneumonia, Styvenson é internado em hospital de Brasília



O senador potiguar Styvenson Valentim (Podemos) foi internado na manhã desta quarta-feira, 2, em um hospital de Brasília, com diagnóstico de pneumonia. Em nota distribuída à imprensa, a assessoria do parlamentar esclareceu que ele já está “medicado e estável”. Não foi informado em que unidade exatamente o senador está e que sintomas ele teria sentido antes de procurar atendimento médico.

Nesta terça-feira, 1º, Styvenson participou da sessão plenária do Senado Federal que aprovou a reforma da Previdência em primeiro turno. O senador potiguar foi um dos 56 parlamentares que votaram a favor do texto-base – foram 19 contrários e 1 abstenção. Os senadores também votaram quatro destaques, como são as chamadas as sugestões de mudanças no texto principal.

Uma das alterações aprovada pelos senadores foi suprimir do texto a possibilidade de que a pensão por morte fosse inferior a um salário mínimo. O impacto previsto é de R$ 10 bilhões a menos de economia em dez anos, o que segundo o relator da proposta, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), é um valor pequeno ao considerar que a medida vai impactar a vida das famílias mais pobres, que estão na “base da pirâmide”.

Tasso ainda acolheu outras mudanças como a que acrescentou os trabalhadores informais entre os trabalhadores de baixa renda, com direito ao sistema especial de Previdência. O relator também eliminou, por completo, qualquer menção ao Benefício da Prestação Continuada (BPC). Ou seja, as regras atuais ficam mantidas e esse benefício não passará a ser regulamentado pela Constituição.

Outra mudança feita pelo Senado foi a supressão de parte da regra de transição para os profissionais expostos a agentes nocivos, como os mineiros de subsolo, que elevava progressivamente os requisitos para que esses trabalhadores conseguissem a aposentadoria. Essa mudança diminuiu o impacto fiscal da reforma em R$ 6 bilhões.

Um dos destaques derrubou as novas regras sobre o abono salarial, que restringiriam o benefício a quem recebe até R$ 1.364,43 por mês.

A previsão é que a votação da reforma em primeiro turno termine nesta quarta-feira, 2, com a análise dos últimos destaques. Styvenson não deve participar.

Mar invade ruas de Galinhos, no litoral norte potiguar

Água do mar ficou acumulada nas ruas de Galinhos, no RN — Foto: Redes sociais

O mar invadiu as ruas de Galinhos, no Litoral Norte potiguar, desde o último fim de semana. Com a alta da maré, a água salgada ficou acumulada na rua, mas não houve prejuízos maiores, segundo a Defesa Civil do município.

Não é a primeira vez que o problema ocorre no município, porém a Prefeitura solicitou uma visita técnica da Defesa Civil do Estado para buscar uma análise do caso, para saber se há riscos maiores. Conforme o coordenador da Defesa Civil, Gesiel de Oliveira, a situação está tranquila nesta quarta-feira (2).

"Isso tem ocorrido em alguns períodos do ano, com a maré mais alta. O secretário de Turismo está em Natal para conversar com o Idema e buscarmos uma solução técnica. Não queremos fazer algo que vise melhorar a situação, mas acabe piorando", afirmou, ao ser questionado sobre as possíveis soluções.

Ainda de acordo com ele, a água não invadiu as casas.

Galinhos, no litoral norte potiguar, teve ruas invadidas pela água do mar — Foto: Redes sociais

Saída da Petrobras é prova do ódio de Bolsonaro pelo Nordeste, diz Natália



A deputada federal Natália Bonavides (PT), afirmou, durante sessão na Câmara dos Deputados, na última terça-feira, 1º, que a saída da Petrobras do Nordeste é a prova do “preconceito, ódio e discriminação” do presidente da república, Jair Bolsonaro, com a região.

“O preconceito, o ódio e a discriminação são os vetores das políticas deste governo. A saída da Petrobras do Nordeste é a prova disso”, criticou.

A estatal divulgou uma nota com o anúncio da revisão de seu posicionamento estratégico no dia 26 de setembro. De acordo com a Companhia, ela se dedicará à exploração e produção de petróleo em águas profundas e ultra profundas, com sua atuação limitada e apenas no sudeste do Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo.

Segundo Bonavides, o Rio Grande do Norte é um dos estados que mais irão sofrer com a saída da Petrobras da região nordestina. Para a parlamentar, no atual Governo Federal, a estatal deixa de atender as demanadas da população para dar importância aos interesses “privatistas”.

“O meu estado é um dos mais afetados. O impacto negativo à economia do RN, aos trabalhadores e suas famílias é fortíssimo. Toda uma capacidade produtiva integrada está sendo desfeita. A Petrobras e seus investimentos deveriam servir aos interesses da maioria dos brasileiros, dos assalariados, pequenos empresários, estudantes, autônomos e aposentados. Mas agora estão submetidos aos interesses meramente privatistas”, contou.

Por meio de comunicado, a Petrobras informou que já assinou na última segunda-feira, 30, contratos com a Central Resources do Brasil para a venda da totalidade de sua participação nos campos terrestres de Ponta do Mel e Redonda, ambos no RN, por 7,2 milhões de dólares.

Natália Bonavides, por meio de seu Twitter, questionou uma suposta divergência entre Bolsonaro com o Nordeste. E afirmou que o povo nordestino irá “resistir” à saída da Companhia da região.

“O que Bolsonaro tem contra o Nordeste? O povo nordestino resistirá à retirada da Petrobras do nosso território. É tempo de resistência! O povo nordestino resistirá à retirada da Petrobras do nosso território. É tempo de resistência!”, concluiu.

Agra RN

Juiz Jarbas Bezerra e a advogada Lígia Limeira homenageiam deputado Tomba Farias pela "valorosa contribuição ao projeto Setembro Cidadão"

Tomba_Setembro_Cidado

Por indicação do juiz Jarbas Bezerra e da advogada Lígia Limeira, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB) foi homenageado na manhã desta terça-feira, 01, pelo projeto Setembro Cidadão. Bezerra e Limeira, que há seis anos idealizaram o projeto, entregaram ao parlamentar uma placa de agradecimento "por sua valorosa contribuição para a efetivação do projeto Setembro Cidadão, no curso dos seus seis anos de existência".

Durante uma breve solenidade de homenagem realizada no plenário da Assembleia Legislativa, Tomba Farias, único parlamentar a receber o reconhecimento do Setembro Cidadão, destacou a importância da homenagem. "Receber essa homenagem das mãos do juiz Jarbas Bezerra e da advogada Lígia Limeira me enche de orgulho. O trabalho conduzido por ambos é de fundamental importância para o Rio Grande do Norte, contribuindo com a difusão dos princípios e condutas cidadãs, tão necessárias ao desenvolvimento da ética no cotidiano dos potiguares", ressaltou o parlamentar.

Jarbas Bezerra, por sua vez, destacou que a escolha do nome de Tomba Farias trata-se de um reconhecimento mais do que justo e merecido. "O deputado Tomba foi uma das pessoas que sempre acreditou em nosso projeto, já participou de emendas impositivas no tocante do programa educação cidadã, na cidade onde foi prefeito, Santa Cruz, ele tem lá uma estátua que é a maior estátua religiosa do mundo que também ganhou uma iluminação alusiva ao nosso projeto. É um parceiro que sempre que procuramos nos atendeu, sempre abraçando esse programa e não poderíamos nunca esquecer do deputado, não poderia deixar de ser lembrado", enfatizou.

O Programa Brasileiro de Educação Cidadã (PROBEC) surgiu no Estado do Rio Grande do Norte no ano de 2013, de iniciativa do Juiz Jarbas Bezerra e da Advogada Lígia Limeira, com o objetivo principal de gerar e aperfeiçoar conhecimentos relacionados à formação ética, moral e cívica, capazes de produzir consciência crítica e política, além do equilíbrio nas relações humanas.

RN e mais 7 estados nordestinos não aderem ao modelo de escolas cívico-militares



Oito estados nordestinos não aderiram ao modelo de escolas cívico-militares lançado pelo governo federal no último mês de setembro. Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Maranhão e Piauí decidiram não aderir ao odelo. Apenas o Ceará, na região, manifestou interesse em participar do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares que terminou na última sexta-feira (27).

Em três das cinco regiões do país — Centro-Oeste, Norte e Sul —, todas as unidades manifestaram o interesse. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa realizada na sede do Ministério da Educação (MEC), em Brasília, nesta terça-feira, 1º de outubro.

Para que o programa contemple todo o Brasil, o Ministério da Educação (MEC) vai abrir um novo período para adesão – desta vez, voltado para os municípios. Prefeituras terão de 4 a 11 de outubro para solicitar a participação.

“[A seleção é] para todos os municípios, de estados que aderiram e de estados que não aderiram. Definiremos com base em critérios técnicos”, explicou o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

A seleção dos municípios levará em conta a possibilidade de mobilização, em primeiro lugar, de profissionais da reserva das Forças Armadas. Caso não haja efetivo de Exército, Força Aérea e Marinha no município, a opção são membros das corporações estaduais, ou seja, policiais e bombeiros militares.

A iniciativa é destinada a escolas públicas. Terão preferência:

- as regulares que ofertem os anos finais (6º ao 9º) do ensino fundamental, preferencialmente com efetivo de 500 a 1.000 alunos;

- as com estudantes em situação de vulnerabilidade social e Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb) abaixo da média do estado;

- aquelas que possuam aprovação da comunidade escolar para implantação do modelo.

O modelo de excelência vai abranger as áreas:

- didático-pedagógica: com atividades de supervisão escolar e psicopedagogia para melhorar o processo de ensino-aprendizagem preservando as atribuições exclusivas dos docentes;

- educacional: pretende fortalecer os valores humanos, éticos e morais bem como incentivar a formação integral como cidadão e promover a sensação de pertencimento no ambiente escolar;

- administrativa: para aprimorar a infraestrutura e a organização da escola e, consequentemente, a utilização de recursos disponíveis na unidade escolar.

O MEC tem o objetivo de instalar 216 escolas cívico-militares em todo o país até 2023 – a iniciativa piloto, em 2020, contemplará 54. Para o ano que vem, o orçamento para o programa é de R$ 54 milhões, R$ 1 milhão por escola. O dinheiro será investido no pagamento de pessoal em umas instituições e na melhoria de infraestrutura, compra de material escolar, reformas, entre outras pequenas intervenções.

Aderiram ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares as seguintes unidades da Federação:

Centro-Oeste

Distrito Federal

Goiás

Mato Grosso

Mato Grosso do Sul


Nordeste

Ceará


Norte

Acre

Amapá

Amazonas

Pará

Rondônia

Roraima

Tocantins


Sudeste

Minas Gerais


Sul

Paraná

Rio Grande do Sul

Santa Catarina

Fonte: De Fato

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

O Deputado Estadual Tomba Farias, foi recebido pelo Presidente do Senado Federal e assegura recursos para obras em Santa Cruz/RN

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) participou nesta segunda-feira de audiência em Brasília com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM). O encontro, que foi articulado pelo ex-senador José Agripino, presidente do Democratas no Rio Grande do Norte, contou também com a participação do prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), que também foi em busca de liberação de recursos para a capital potiguar.

Na ocasião, Tomba Farias apresentou pleitos de Santa Cruz para liberação de recursos de obras estruturantes na cidade.

O presidente do Senado garantiu que batalhará pelo pagamento das obras para Santa Cruz, fruto de emendas de autoria de José Agripino que, segundo Davi Alcolumbre, é um grande companheiro de vida pública e merece atenção sempre em seus pleitos.

Os recursos servirão para a pavimentação asfáltica das ruas Caminha Fiuza, Antônio Ferreira de Souza (rua da Residência Universitária) e Major João Pinheiro Bezerra Cavalcanti (principal rua do bairro de Maracujá). Há também recursos destinados para obra de recuperação do mercado público, além da recuperação das estradas vicinais na zona rural de Santa Cruz.

Com os recursos assegurados em Brasília, onde permanece até a próxima quarta-feira, o parlamentar garante a execução de obras que foram prometidas por ele e o prefeito Ivanildinho durante campanha eleitoral. “A nossa ação parlamentar mais uma vez consolida o nosso trabalho em favor de Santa Cruz, e mostra o compromisso do meu mandato com a população santa-cruzense”, enfatiza Tomba Farias.

SuperFácil Rodoviária: Nordestão amplia interesse pelos “atacarejos”



Depois das pré-inaugurações para jornalistas, nesta terça-feira, 3, e para fornecedores na quarta-feira, 4, o novo “atacarejo” da rede Nordestão – o SuperFácil – abre para o público nesta quinta-feira, 5, obedecendo o mesmo receituário de investimentos que vem marcando o bem sucedido grupo potiguar do varejo nos últimos 47 anos – mesmo que demore, faça bem feito.

Mal saído da inauguração de seu nono supermercado em Natal – na Engenheiro Roberto Freire, a menos de um quilômetro de outra loja da rede na mesma avenida – a família que controla o negócio abre o segundo “atacarejo” estrategicamente localizado a poucos metros da rodoviária, na Avenida Mor Gouveia.

Ou, como explica o presidente do grupo, Leôncio Etelvino de Medeiros Filho, “exatamente onde queríamos estar”, quer dizer, “perto da Ceasa e do pequeno comerciante; perto de quem vem do interior para as compras; perto daquele sujeito que dá duro no seu pequeno negócio, que às vezes nem tem empregados ou tempo a perder e vai ele mesmo escolher as mercadorias para a sua lojinha, seja um bar ou armazém”.

Numa rara entrevista, que acontece só quando o Nordestão inaugura uma loja nova, Leôncio, depois de alguma insistência dos repórteres, confirmou que a empresa pensa, sim, num novo “atacarejo”, desta vez na Zona Norte de Natal. Não disse quando e muito menos onde.

Mas sinalizou para o interesse da família no modelo que se define pelo atacado de alto serviço, no qual os itens à disposição são a metade do disponível num supermercado tradicional, e se afigura como o futuro desse negócio.

Com foco nas duas clientelas – a do atacado e do varejo – o SuperFácil da Rodoviária, como foi batizado para efeitos de divulgação – é o aperfeiçoamento da loja da mesma linha em Emaús, inaugurada em 2012, aproveitando a estrutura do centro de distribuição.

“Desta vez fizemos a estrutura toda pensando em tudo, desde a sustentabilidade com placas fotovoltaicas fornecendo 60% da energia, que é toda ela adquirida no mercado livre, até as baixas refrigeradoras que evitam o choque térmico dos produtos resfriados para exposição”, lembra Leôncio.

Com uma área construída de 18 mil m², dos quais 5 mil m² são dedicados inteiramente à área de vendas, o resto foi pensado em proporcionar uma boa logística para a movimentação de produtos e, é claro, estacionamento rotativo para 400 veículos.

Com 7.500 produtos à disposição – metade do que há num supermercado da rede -, o SuperFácil pode não ter a variedade de cortes do açougue de uma loja tradicional, mas, com custos mais reduzidos, pode operar com uma margem de lucro inferior e, por conseguinte, preço final mais baixo para o consumidor.

Mesmo assim, Leôncio – que não fala do tamanho do investimento – adianta que o grupo vai demorar oito anos e meios para pagá-lo, mais do que um empreendimento hoteleiro. Quando os jornalistas insistem sobre o custo, Leôncio responde: “Perguntem ao Banco do Nordeste”.

 Hoje, as 11 lojas da rede Nordestão – não incluindo a que será inaugurada nesta quinta-feira, recebe em média 1 milhão de clientes por mês e mantém uma série de ações de responsabilidade social. De milhares de fornecedores, 200 são locais e os empregos formais da rede são expressivos: são 4.300 diretos, aí sim incluindo a loja a ser inaugurada nesta quinta.

Fundada em setembro de 1972 por Leôncio Etelvino de Medeiros, pai, a empresa possui, além das lojas de varejo, o seu Centro Administrativo e Logístico em Parnamirim, onde funciona a direção da empresa e os setores administrativos.

Cartão da rede já tem 14 mil cadastros em 10 dias

Quase três semanas depois de relançar seu cartão próprio no mercado, o Nordestão já tem 14 mil usuários cadastrados, dos quais 3.200 já o carregam na carteira neste momento. Com limites de crédito que variam de R$ 350,00 a R$ 25 mil, abrange tanto a pessoas físicas como jurídicas.

Enquanto a bandeira Visa atende aos clientes-empresas, as bandeiras Master e Tricard se dedicam às pessoas físicas, com as mesmas taxas praticadas pelo mercado, mas com diferenciais como os benefícios de milhas e podendo dividir compras com alimentação em três vezes e bazar em até seis vezes.

Depois de se desvencilhar de seu contrato com o Itaú, o Nordestão ficou dois anos sem um cartão próprio até concluir, em fins do ano passado, um namoro de cinco anos com a Tricard, braço financeiro do Grupo Martins, maior atacadista da América Latina com 65 anos de existência.

Segundo Roberto Dias, gerente de área da Tricard para o RN, Ceará e Piauí, bons parceiros com o Nordestão têm permitido ao grupo Martins crescer 20% ao ano, a despeito da crise econômica que assola o País nos últimos anos.

Operação da Polícia Federal para combater pornografia infantil cumpre mandados no RN

Agentes analisam computador durante 5ª fase da operação Luz na Infância — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Uma operação da Polícia Federal de combate à pornografia infantil cumpriu dois mandados de busca e apreensão no Rio Grande do Norte na manhã desta quarta-feira (4). Os mandados foram cumpridos em Natal, segundo a PF.

Ao todo, agentes da Polícia Federal e da Polícia Civil cumprem 105 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, em 14 estados do Brasil e em mais seis países. Esta é a 5ª fase da operação Luz na Infância.

A busca e apreensão visa encontrar arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes.

A força-tarefa apura crimes de pornografia infantil e de exploração sexual contra crianças e adolescentes. As ações são coordenadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Pela primeira vez, a Polícia Federal está atuando no cumprimento dos mandados juntamente com a Polícia Civil dos estados.

No Brasil, a operação acontece também no Amazonas, Amapá, Alagoas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro, além do Distrito Federal.

As penas para os crimes investigados variam de 1 a 8 anos de prisão. Quem armazena material de pornografia infantil tem pena de 1 a 4 anos de prisão. Para quem compartilha, a pena é de 3 a 6 anos de prisão. A punição alcança 4 a 8 anos de prisão para quem produz esse tipo de material.

´Álvaro Dias representa o que há de pior na política potiguar` , diz Kelps



O deputado estadual Kelps Lima, do Solidariedade, concedeu entrevista ao jornalista José Pinto Júnior no programa Conexão Potiguar n(que vai ao ar pela Band natal de segunda à sexta às 7h45) onde falou sobre seus projetos políticos, Natal e política, além de criticar duramente o prefeito de Natal Álvaro Dias.

"Eu sou pré-candidato a prefeito de Natal, estamos preparando um projeto para isso há anos. Sou de Natal, criado em Natal, andei de ônibus, conheço os bairros e a cidade como num todo", assinalou.

Para Kelps, "a eleição é a parte mais fácil, difícil é estar preparado para gerir a cidade em tempos de crise. A geração antiga na política quebrou as prefeituras, é necessário uma nova geração, faço parte dessa nova geração e quero reconstruir Natal".

Segundo o deputado, "estamos vendo que nas pesquisas em sua maioria estou em segundo lugar, e sempre perto do prefeito Álvaro. Quero esse debate com ele, quero polarizar. Álvaro representa o que há de pior na política potiguar; quer empregar a família, dar emprego para parente, mal sentou na cadeira de prefeito e no dia seguinte já lançou o filho candidato a deputado, STF mandou exonerar irmã dele da prefeitura. Não quero isso, tenho formação em gestão pública, quero um modelo de gestão diferente, o foco é evitar o desastre que seria Álvaro ser eleito", sentenciou.

Empréstimos consignados são liberados para servidores do RN

Plataforma para acompanhar os empréstimos consignados aos servidores estaduais do RN — Foto: Divulgação

Os servidores estaduais do Rio Grande do Norte estão autorizados a fazer novamente empréstimos consignados. A informação foi confirmada nesta terça-feira (3) pelo Governo do Estado. Desde 2018 essa ação estava suspensa para os servidores.

Os empréstimos vão acontecer com desconto em folha de pagamento e são válidos para servidores efetivos civis, militares e pensionistas. A gestão dos consignados vai ser feita pela Coordenadoria de Pagamento e pela Escola de TI para a Gestão Pública, vinculadas à Secretaria de Estado da Administração (Sead).

De acordo com o Sead, o valor máximo da taxa de juros que pode ser praticado nas operações de crédito consignado para os servidores é de 2,01% ao mês. Haverá ainda uma carência de até seis meses para início de pagamento do empréstimo negociado junto ao Banco do Brasil, segundo o governo.

A movimentação dos empréstimos e a consulta da margem poderão ser feitos por servidores e pensionistas pelo portal RN Consig - que também conta com dispositivos móveis para celulares e tablets. Para mais dúvidas, há um espaço para atendimento na Sead, além dos contatos pelos telefones 98127-2944 e 98183-2633.

De acordo com o Governo do RN, as instituições consignatárias vão contribuir mensalmente à conta do Fundo de Desenvolvimento do Sistema de Pessoal do Estado (Fundespe), como forma de ressarcir os custos operacionais. Ainda segundo o Executivo, os recursos provenientes das operações de crédito serão utilizados para custeio da operação, capacitação de servidores estaduais na área de Tecnologia da Informação e Comunicação e modernização e aquisição de novas tecnologias e equipamentos de TI.

Quem pode

Os servidores que podem realizar as consignações são os que dispõem de margem consignável - uma parcela percentual de remuneração do consignado, excluindo as consignações compulsórias, disponível para consignação facultativa. A margem que pode ser comprometida do salário do servidor é de no máximo 40% - com 10% para operações com cartão de crédito e 30% para as demais consignações.

As consignações que podem ser realizadas em folha são: consignações compulsórias, os descontos e recolhimentos efetuados por força de lei e as consignações facultativas, os descontos na remuneração dos servidores públicos civis e militares, ativos e inativos, e de seus pensionistas, decorrentes de contrato, acordo, convenção ou convênio entre o servidor estadual consignante e a entidade consignatária, mediante autorização pessoal expressa.

De acordo com a secretária da administração, Virgínia Ferreira, o retorno dos empréstimos consignados atende reivindicação dos servidores estaduais. Ela explicou ainda a definição do sistema próprio criado para operacionalizar os empréstimos. Segundo ela, com esse modelo "o governo viabiliza recursos extras para investimento em sistemas e equipamentos tecnológicos mais modernos”.

As consignações são regulamentadas pelo Decreto Nº 21.860 de 27 de agosto de 2010 e suas alterações. As faixas atuais de operações de crédito estão definidas no anexo único do Decreto Nº 29.063, de 7 de agosto de 2019.

Ministério Público prende Garotinho e Rosinha, ex-governadores do Rio



O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) prendeu nesta terça-feira, 3, o casal de ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho. Mais três pessoas também são alvo da ação, que investiga esquema fraudulento de construção de moradias populares.

A Operação Secretum Domus cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades do Rio de Janeiro e Campos dos Goytacazes, no norte do estado.

Segundo a denúncia oferecida à 2ª Vara Criminal de Campos, investigações mostraram superfaturamento em contratos entre a prefeitura de Campos e a construtora Odebrecht, para a construção de casas populares dos programas Morar Feliz I e II, durante a gestão de Rosinha Garotinho como prefeita do município do norte fluminense (de 2009 a 2016). 


Ivanildinho visita escolas que já começaram a receber serviços de climatização e estradas recuperadas na zona rural


O prefeito Ivanildinho aproveitou o último sábado (31) para visitar algumas escolas municipais que irão receber serviços de climatização, além de visitar também algumas comunidades rurais que recebem o serviço de recuperação de estradas.

Acompanhado pelos secretários de Transportes e Obras Públicas e de Agricultura, Francisco Nogueira e Eduardo Medeiros, respectivamente, o prefeito de Santa Cruz visitou as escolas municipais Paulo Venâncio, Aluízio Bezerra (que funciona no João de Dula), além do CMEI do Paraíso.

Os serviços nessas unidades educacionais já foram iniciados e consistem em adequações estruturais, como instalação de forro em PVC e ampliação da rede elétrica interna, além da instalação dos aparelhos de ar-condicionado.

O trabalho de climatizar de todas as escolas da cidade será realizado de forma gradativa e em muito pouco tempo todos os alunos irão usufruir do conforto de salas de aula com temperatura agradável. O investimento que a Prefeitura de Santa Cruz está fazendo para a execução desse projeto superar os R$ 500 mil.

Já no inicio da tarde do último sábado (31), Ivanildinho percorreu algumas comunidades rurais que já foram beneficiadas com a etapa atual de recuperação de estradas. O objetivo foi ver de perto o trabalho já realizado e ver trechos que ainda receberão as maquinas da Prefeitura que estão executando o serviço.

Até o momento, já foram recuperados quase 100 km de estradas, melhorando a trafegabilidade nas principais vias de acesso na zona rural do município.

Em seu programa de rádio desta segunda-feira (02), Ivanildinho explicou a prioridade que está sendo dada para as principais vias de acesso das comunidades rurais do município. “Como estamos em contingenciamento de gastos e fazendo a recuperação das estradas com recursos próprios, neste primeiro momento estamos recuperando apenas a estradas eixos de cada comunidade. Desde já, quero agradecer a população pela compreensão em entender que não será possível fazer agora as entradas individuais dos sítios e fazendas. A prioridade nesse primeiro momento de nossa ação é exatamente a recuperação das estradas utilizadas diariamente pelos ônibus de estudantes, caminhões pipa e outros veículos que escoam a nossa produção avícola”, explicou.

Padrasto confessa ter matado criança de 6 anos no interior do RN, diz Polícia Civil

Padrasto foi ouvido por policiais da Delegacia Regional de Santa Cruz (foto) e da Delegacia de Jaçanã — Foto: PMRN/Divulgação

O padrasto da menina de 6 anos encontrada morta no município de Jaçanã, na região Agreste do Rio Grande do Norte, em agosto deste ano confessou ter assassinado a criança, segundo disse a Polícia Civil nesta terça-feira (3). A menina foi achada morta com sinais de estrangulamento dentro de casa no dia 9 de agosto e morreu ao dar entrada no hospital.

O caso foi elucidado na Delegacia Municipal de Jaçanã. Segundo a investigação dos policiais civis, a mãe da criança, que chegou a ser presa preventivamente ao lado do padrasto, não teve nenhuma relação com a morte da filha. A polícia concluiu que ela sequer estava em casa na hora do crime.

Segundo a Polícia Civil, o padrasto confessou o assassinato, mas alegou que o crime foi um acidente. No depoimento, ele contou que entrou no quarto para pegar uma roupa e a criança acordou assustada, momento em que começou a gritar. Ele disse no depoimento que os gritos poderiam chamar a atenção da vizinhança e colocou um lençol na boca e nariz da criança para fazê-la parar. O padrasto disse que a menina apagou, mas achou que ela teria desmaiado num primeiro instante e voltado a dormir na sequência.

O padrasto da criança, que tem 34 anos, morava com a mãe dela e outros quatro irmãos em Jaçanã.

O laudo do Instituto Técnico e Científico de Perícia (Itep) apontou que a menina foi morta por asfixia mecânica. A Polícia Civil ainda aguarda ainda o laudo pericial sobre uma possível prática de violência sexual. O padrasto nega que tenha cometido.

Polícia Federal prende advogado em operação contra facção criminosa no RN



A Polícia Federal, em conjunto com o Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), deflagrou na manhã desta terça-feira, 3, a Operação Extração. A ação, que contou com o apoio da Polícia Militar, busca desarticular célula regional da facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) enraizada no Rio Grande do Norte.

Segundo a comunicação da PF, as medidas cautelares foram deferidas pela Justiça Estadual de Mossoró, que expediu 16 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão preventiva, além de 01 mandado de prisão temporária contra um advogado potiguar suspeito de integrar a organização criminosa. Estão sendo empregados na ação cerca de 90 policiais federais que cumprem os mandados nas cidades de Natal, Mossoró, Extremoz, Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante e Pau dos Ferros.

As investigações foram intensificadas em junho de 2019, depois que a Polícia Federal identificou o planejamento de um salve pelo PCC no Estado. A organização planejava aterrorizar a população, por meio do incentivo dos faccionados à prática de ações violentas contra pessoas e coisas em várias cidades do RN. No salve identificado pela PF, a facção criminosa também tencionava ataques dentro do sistema prisional potiguar, incentivava a violência contra integrantes de facções rivais e sugeria confrontos com as forças policiais do Rio Grande do Norte.

Durante as investigações, informações foram compartilhadas com autoridades do RN e medidas preventivas adotadas. Não houve registro de atentados no período. Todos os presos ocupam posições de liderança na filial potiguar da facção criminosa PCC.

O advogado hoje preso temporariamente em Natal teve especial participação na circularização do salve em junho de 2019, sendo o suposto responsável pela comunicação e transmissão das ordens (salves) entre as lideranças presas e membros da alta cúpula ainda em liberdade.

O advogado preso temporariamente na Operação Extração é Maxsuel Deizon Freitas Gomes. Ele é de Pau dos Ferros e, segundo a PF, foi o responsável pela comunicação do “salve” dado pelo PCC em junho deste ano no RN. A polícia diz ainda que ele transmitia ordens de lideranças de dentro dos presídios para membros do PCC em liberdade.

O crime de promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa é previsto na Lei nº 12.850/2013, punido com pena de reclusão de 3 a 8 anos, e multa, sem prejuízo das penas correspondentes às demais infrações penais praticadas.

A Polícia Federal possui como objetivo estratégico o combate à ação das facções criminosas no Estado do Rio Grande do Norte.

Em Brasília/DF, prefeito Ivanildinho avança em pleitos de Santa Cruz por liberação de recursos


O prefeito Ivanildinho esteve em Brasília/DF nesta semana visitando ministérios em busca de liberação de recursos para obras estruturantes em Santa Cruz.

Durante três dias, de segunda (25) a quarta-feira (27), o prefeito visitou o Ministério da Saúde, onde tratou sobre a transformação da UPA em um Centro de Saúde da Família, que está em fase final de tramitação, participou de reunião que tratou sobre liberação de recursos para atenção básica de saúde com assessor do ministro da Saúde, José Carlos Aleluia, e também cadastrou Santa Cruz em um programa para receber um laboratório regional de prótese dentária.

Os pleitos estão bem encaminhados e o prefeito continuará acompanhando para serem liberados.

Ivanildinho visitou ainda os ministérios do Turismo e do Desenvolvimento Regional, em busca de liberação de recursos para obras como a via sacra, no caminho do Santuário de Santa Rita, e pavimentação de ruas em asfalto e paralelepípedo, além de recursos para recuperação de estradas vicinais.

O prefeito de Santa Cruz ainda teve encontro com o deputado federal General Girão (PSL/RN), no qual agradeceu a liberação de R$ 300 mil para saúde de Santa Cruz e acompanhou a discussão na Confederação Nacional dos Municípios (CNM) sobre o novo pacto federativo que promete dar maior autonomia financeira aos Estados e Municípios.

O gestor municipal afirmou que o saldo da viagem foi bastante positivo e espera em breve ter retornos dos recursos pleiteados por Santa Cruz.