quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Governo do Rio Grande Norte terá déficit de R$ 1,8 bi no orçamento de 2019



O projeto de lei orçamentária para 2019 vai entrar em pauta de discussões da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) a partir da próxima terça-feira, 18, com uma previsão de déficit de cerca de R$ 1,8 bilhão no primeiro ano de trabalho do próximo governo do Estado.

Segundo o relator da peça orçamentária, o deputado Fernando Mineiro (PT), que obteve na quinta-feira, 13, a aprovação do parecer técnico na Comissão de Finanças e Fiscalização da ALRN, o déficit arcado pela futura governadora de Fátima Bezerra (PT) soma a subestimação de despesas e superestimações de receitas providas pela atual gestão estadual.

O parecer aponta que o orçamento entregue pelo governo traz R$ 1 bilhão a menos do que a previsão para os encargos sociais e pagamento de pessoas, além de outros R$ 238 milhões com renúncias fiscais relativas ao Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (PROADI) e dos repasses para o estádio Arena das Dunas. 

Soma-se ainda uma superestimação de receitas apresentadas pelo Estado. A conta é de um empréstimo bancário de R$ 400 milhões e outros R$ 137 milhões de transferência de capital da União. “O pedido de empréstimo não acontecerá e dificilmente o governo receberá este valor em transferências do governo Federal. A média de repasses não ultrapassa os R$ 5 milhões por ano”, diz.

Ainda de acordo com Fernando Mineiro, o governo do Estado tentou “esconder” o déficit orçamentário para 2019. “Foi uma escolha do próprio Governo de enviar desta maneira. Tentei que enviassem um substitutivo, mas isso não foi feito. Não é verdade que vamos ter R$ 12,017 milhões de arrecadação e que teremos uma despesa de R$ 12,017 bilhões. Conseguimos especificar que houve um déficit bilionário”, explica.

Segundo o presidente da Comissão de Finanças, Tomba Farias (PSB), o texto final da relatoria do orçamento mostra que o primeiro ano do governo Fátima Bezerra será de grandes dificuldades. “Vemos que o Rio Grande do Norte está muito doente, na UTI”, considera.

Precisamos ter muita responsabilidade para discutir a questão”, relata.
Um exemplo disso que é dos mais de R$ 12 bilhões para despesas, de acordo com a peça orçamentária, apenas 1,93% será destinado para área de investimento. O valor representa cerca de R$ 231 milhões. Além disso, mais de R$ 8 bilhões serão gastos apenas com a folha de pagamento e encargos sociais.

Durante a análise do parecer orçamentário, os representantes da Comissão de Finanças e Fiscalização aprovaram a redução da verba de propaganda e publicidade do Estado de R$ 23 milhões para R$ 11,5 milhões. Também se aprovou a margem de suplementação do orçamento em 15%, contra os 20% do texto apresentado por Fernando Mineiro. 

Os integrantes da comissão também delimitaram em 2% o limite da antecipação das receitas estaduais. O futuro governo queria que a porcentagem fosse de 5%, mas a medida foi rejeitada pelos deputados da representação parlamentar. 

Com a aprovação do texto orçamentário, segundo Tomba Farias, a expectativa é de que os 24 deputados estaduais iniciem a discussão sobre a peça a partir da próxima semana. O texto registrou um total de 361 emendas, sendo que 50% delas para as áreas de saúde e educação, que terão as principais parcelas do bolo financeiro estadual. Para 2019, o valor que será gasto com a área de saúde será de R$ 1,084 bilhão e com a segurança, R$ 1,2 bilhão.

Via Agora RN

PM é baleado durante arrastão em clínica na Zona Leste de Natal e tem pistola roubada

Clínica médica na Rua Professor Clementino Câmara, no Barro Vermelho — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um soldado da Polícia Militar foi baleado na manhã desta quinta-feira (13) ao chegar para tratamento em uma clínica particular de fisioterapia localizada no Barro Vermelho, bairro na Zona Leste de Natal.

Baleado em uma das pernas, no quadril e no abdômen, o PM foi socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho. O estado de saúde dele é considerado grave, mas estável. Já os criminosos, fugiram em um táxi e ainda levaram a arma do policial.

A assessoria de comunicação da PM informou que os bandidos estavam fazendo um arrastão na clínica quando o soldado chegou e, logo que cruzou a porta, levou o primeiro tiro. Mesmo ferido, o PM ainda reagiu e houve confronto. Foi quando ele acabou atingido por mais dois disparos.

Ainda de acordo com a PM, o taxista se apresentou à Polícia Civil e admitiu ter dado fuga aos assaltantes. Viaturas fazem buscas na tentativa de encontrar os criminosos.

PF cumpre mandado de busca em investigação de ameaça a Bolsonaro


A Polícia Federal cumpre na manhã de hoje (13), no Rio de Janeiro, um mandado de busca e apreensão expedido pela 7ª Vara Federal Criminal do estado, com o objetivo de identificar o autor de postagens com ameaças de morte do então candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro.


A ação ocorre no bairro Maracanã, na zona norte da cidade. O investigado, segundo nota da Polícia Federal, é um homem de 23 anos, cuja identidade não foi revelada.

Segundo as informações da PF, ele insultou ainda o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão.

A diligência da Polícia Federal tem como objetivo também identificar outras pessoas que “eventualmente estejam envolvidas na prática delituosa, bem como materializar outras condutas criminosas do investigado”.

A pena do crime citado prevista na Lei de Segurança Nacional é de reclusão, de 1 a 4 anos.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Doze pessoas são mortas durante tentativa de assalto a banco no Ceará



Pelo menos 12 pessoas morreram durante um tiroteio na cidade de Milagres, na região do Cariri cearense, na madrugada de hoje (7). Segundo a Secretaria estadual de Segurança Pública e Defesa Social, a troca de tiros ocorreu depois que policiais militares frustraram uma tentativa de assalto a duas agências bancárias que funcionam na região central da cidade de cerca de 28 mil habitantes.

Ao menos seis pessoas feitas reféns morreram durante o tiroteio – entre elas, duas crianças. Cinco dos reféns mortos pertenciam a uma mesma família surpreendida pelos bandidos ao passar, de carro, por uma rodovia próxima. O sexto refém morto, um homem, também foi sequestrado na mesma rodovia.

Seis criminosos morreram na troca de tiros. Alguns corpos já estão sendo periciados no Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro do Norte, a cerca de 60 quilômetros de Milagres, mas, até as 13 horas, nenhum dos doze mortos teve sua identidade confirmada.

Dois suspeitos de participar da ação já estão detidos. Além disso, policiais que tentam localizar outros participantes da ação criminosa encontraram um homem morto dentro de uma caminhonete abandonada, usando colete à prova de balas.

Uma das agências que o bando tentou assaltar, do Banco do Brasil, fica a apenas cinco quarteirões de uma unidade policial. De acordo com a Secretaria de Segurança, equipes especializadas da Polícia Militar (PM) já estavam realizando diligências na região, justamente para tentar identificar e prender assaltantes a bancos que atuam no estado. Daí a ação rápida contra os criminosos.

Em entrevista à imprensa, o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, informou que policiais encontraram armas, farta munição e explosivos nos veículos apreendidos e no local do confronto. Costa destacou também a importância da integração entre as forças de segurança dos estados do Nordeste.

“Há quadrilhas que atuam em vários estados, principalmente da Região Nordeste. O que aconteceu hoje reforça a necessidade da instalação de um centro regional de inteligência para termos informações em tempo real, fornecidas pelos serviços de inteligência dos nove estados.” De acordo com o secretário, um dos suspeitos detidos teria admitido ter atirado contra os reféns. “É uma informação preliminar que ainda vamos investigar. O momento é de sermos responsáveis, não fazermos prejulgamento e aguardarmos a conclusão das apurações”, acrescentou Costa.

A Polícia Civil pede que quem tiver qualquer informação que a ajude a chegar aos bandidos ou que contribua de alguma forma com as investigações, entre em contato pelos telefones (88) 3531.4841, da Delegacia Regional de Brejo Santo; (85) 3101-1140, 3101-1141, 3101-1142 e 3101-1143, da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). O sigilo é garantido. (ABr)

PF incinera 1,5 tonelada de drogas apreendidas em operações no RN

Quase 1,5 toneladas de drogas foram incineradas pela PF na Grande Natal — Foto: PF/Divulgação

A Polícia Federal incinerou quase 1,5 tonelada de drogas que foram apreendidas nas cidades de Parnamirim, Macaíba, Goianinha e Natal no segundo semestre deste ano. O processo foi realizado nesta quinta-feira (6) na região metropolitana da capital.

O maior volume de drogas era de cocaína - um total de 1,4 tonelada. Outros 36,86 quilos incinerados eram de maconha. O volume de drogas estava relacionado a quatro inquéritos policiais.

Em 2018, a PF no estado bateu recorde em apreensão de cocaína. A marca anterior, de 300kg, foi batida de uma só vez no dia 24 de novembro, quando foram apreendidos 1.391 quilos de cocaína escondidos no subterrâneo de um galpão em Parnamirim.

A incineração ocorreu no distrito industrial de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana da capital potiguar, com a presença de policiais federais, representantes do Ministério Público Estadual e da Vigilância Sanitária.

Quase 1,4 toneladas de cocaína foram apreendidas em uma única operação da PF, em novembro, na Grande Natal — Foto: PF/Divulgação

Rogério Marinho deve ocupar Secretaria da Previdência no Governo Bolsonaro



O deputado federal Rogério Marinho, do PSDB, deve seguir atuando em Brasília mesmo após não ter conquistado a reeleição na Câmara nas eleições deste ano. É que o parlamentar tem sido sondado pela equipe do presidente da República eleito, Jair Bolsonaro, do PSL, para ocupar uma pasta do Ministério da Economia, que será comandado pelo economista Paulo Guedes.

Relator da Reforma Trabalhista, que ‘flexibilizou’ várias normas da CLT [Consolidação das Leis do Trabalho], Rogério Marinho está sendo sondado para a Secretaria Especial de Previdência e Emprego.

Com a presença de Rogério Marinho no governo, Paulo Guedes sinaliza que dará a devida atenção à reforma da Previdência.

Nos últimos dias de Legislatura, de acordo com a assessoria do deputado, o parlamentar tem se dedicado à agenda em Brasília. Entretanto, nesta sexta-feira (7), está em São Paulo, onde a filha passou por uma cirurgia.

Ministério Publico Federal pede aprovação das contas de Natália Bonavides



Hoje saiu novo parecer do Ministério Público Federal (MPF) sobre a prestação de contas eleitoral da deputada federal eleita Natália Bonavides (PT). 
 
Após analisar documentação apresentada pela candidatura, o MPF opinou pela aprovação da prestação de contas eleitorais.
 
Sobre essa novo parecer, Natália diz: "após a análise dos documentos da nossa prestação de contas ficaria evidente a lisura das nossas contas e agora aguardamos a confirmação desse parecer e aprovação final pelo Tribunal".

Para evitar entrada da peste suína no RN, 35 porcos são sacrificados em Baraúna

Pelo menos 35 porcos foram sacrificados nesta quarta-feira (5) em Baraúna — Foto: Idiarn

Pelo menos 35 porcos foram sacrificados nesta quarta-feira (5) em Baraúna, na região Oeste potiguar. Segundo o Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (Idiarn), as mortes foram necessárias para evitar a entrada de animais no estado infectados pela peste suína. No Ceará, há focos confirmados da doença.

Ainda segundo o Idiarn, os porcos sacrificados estavam em um caminhão que vinha do Ceará para o Rio Grande do Norte sem documentação zoossanitária. “Devido a focos da doença no estado vizinho, o trânsito de suínos está suspenso daquela região para os demais estados do país, fazendo com que ações como essa sejam intensificadas”, afirmou o órgão.

Ainda de acordo com o Idiarn, os 35 porcos foram “eutanasiados, respeitando as normas sanitárias vigentes, com o descarte correto das carcaças, além da desinfecção de toda a propriedade e materiais utilizados na ação”.

Peste suína

A ‘peste suína clássica’ é uma doença altamente contagiosa, causada por um vírus que acomete porcos e javalis, onde os animais infectados apresentam febre alta, lesões avermelhadas pelo corpo e uma elevada mortalidade.

PC do B articula permanência de Carlos Maia na Assembleia Legislativa



O deputado Carlos Augusto Maia (PC do B), não conseguiu na eleição de sete de outubro último votos suficientes para garantir a titularidade do mandato na Assembleia Legislativa, entretanto obteve a primeira suplência. Durante a campanha teria sido acordado que quem do grupo ficasse sem mandato seria abrigado no Governo do Estado. 

Neste sentido, pode acontecer um acordo para que um deputado eleito possa assumir uma Secretaria de Estado para manter Carlos Augusto Maia no legislativo estadual. "Temos que resolver o problema de Carlos Augusto", sugere um comandante do PC do B. 

A coligação de Carlos Maia elegeu os seguintes parlamentares.: Souza pelo PHS, Francisco do PT e Isolda do PT. Os dois petistas são marinheiros de primeira viagem e. por isto mesmo, devem preferir ficar no legislativo. Para abrir vaga para Carlos Maia, resta o nome de Souza. Este já dispõe de experiência legislativa e, tem forte legação com com Seara. 

Em contato com o deputado Souza, este informou que, "Não houve nenhuma manifestação neste sentido. Tudo isto será tratado no tempo certo entre os partidos aliados ao Governo. Ao que me consta, nada foi ventilado a respeito. Acredito que Carlos deve está tratando pessoalmente este assunto", disse. 

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Sem ter um líder que consiga reunir todos em um só projeto, oposição santacruzense segue desunida com diversos candidatos surgindo a todo instante

Resultado de imagem para oposição dividida


A cidade de Santa Cruz, permanece apreensiva para saber o que virá a acontecer nos próximos dias nos comandos do executivo e legislativo municipal. Tendo em vista que uma provável eleição suplementar venha ocorrer, diversos nomes já gravitam em torno de conversas que tem acontecido frequentemente na cidade de Santa Cruz.

Como todos já sabemos, um fato típico que acontece sempre nas eleições municipais com a oposição de Santa Cruz, volta a ressurgir, a falta de um líder que consiga reunir todos em torno de um único projeto de candidatura, esse fenômeno acontece sempre porque a maior parte dos que se intitulam de líder da oposição não aceitam ser liderado, ou melhor, não aceitam abrir mão da sonhada candidatura a chefe do executivo, algumas vezes, aceitando de certa forma insatisfeito, a vaga de candidato a vice. 

Hoje a oposição conta com diversos nomes para a disputa eleitoral, o que será difícil, como sempre foi nas campanhas passadas, estarem todos juntos no mesmo "barco", sem que haja descontentamento e traição. 

Dentre os mais diversos nomes da oposição, alguns mais lembrados são eles: Josemar Bezerra, Péricles Rocha, Gilceli Adriano, Petrônio Spinelli, Marcos Lima, Cássio do PT, Luciclaudio e Gean Paraibano.

sábado, 1 de dezembro de 2018

PGR luta para manter regalia do auxílio-moradia para procuradores



O Ministério Público Federal agora luta para manter a regalia do auxílio-moradia, cuja extinção foi prometida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em troca do aumento salarial de 16,3% sancionado pelo presidente Michel Temer. A procuradora-geral Raquel Dodge recorreu nesta sexta-feira (30) da decisão do ministro Luiz Fux, que revogou o auxílio-moradia de todas as carreiras jurídicas.

Dodge pediu a Fux que reconsidere a decisão ou submeta o tema ao plenário do STF, e pede que a decisão não atinja os integrantes do Ministério Público.

“Sem adentrar propriamente no mérito, na legalidade ou na constitucionalidade do recebimento de auxílio-moradia, fato é que esta ação restringe-se ao pagamento ou não do benefício em causa para os juízes, nos termos da legislação que rege a magistratura judicial brasileira, limitando-se o julgado àquelas carreiras”, argumentou Raquel Dodge.

Segundo a procuradora, a decisão de Fux “extrapolou os limites” ao ampliar os efeitos da decisão a todas as carreiras jurídicas.

Dodge afirmou ainda que o recurso visa garantir o devido processo legal e ampla defesa, já que o Ministério Público “não pode ser prejudicado” sem ter se manifestado no processo.

Casas lotéricas são arrombadas em três cidades do Agreste potiguar

Vidraça da lotérica de Brejinho foi quebrada pelos criminosos — Foto: Redes sociais

Cofres de casas lotéricas de três cidades da região Agreste potiguar foram arrombados na madrugada deste sábado (1º). Segundo a Polícia Militar, os crimes aconteceram em Várzea, Arez e Brejinho. Ninguém foi preso.

A PM acredita que se trata de uma mesma quadrilha, já que nas três cidades os moradores viram uma caminhonete preta em fuga.

Alvo dos criminosos, cofre da lotérica foi violado  — Foto: Redes sociais

O primeiro arrombamento aconteceu na cidade de Várzea. Na sequência, foi arrombada a lotérica de Arez, onde os criminosos usaram um carro roubado para arrebentar com a porta da lotérica e uma marreta para abrir um buraco na parede. Por último foi a vez da lotérica de Brejinho, que teve a vidraça estilhaçada e o cofre levado pelos bandidos.

Em Arez, os bandidos usaram um carro roubado para arrombar a porta da lotérica — Foto: Redes sociais


'Situação pior do que imaginávamos', diz governadora eleita sobre crise financeira do RN

Fátima Bezerra diz que tomará medidas para conseguir pagar os salários dos servidores a partir de 2019 — Foto: Heloisa Guimarães/Inter TV Cabugi

Após o anúncio do Governo do Estado de que não tem como pagar o 13º salário de 2018, nesta sexta-feira (30), a governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, disse que a situação do Executivo é pior do que ela imaginava.

“Não temos ainda os dados precisos no que diz respeito ao desequilíbrio fiscal-financeiro no Estado do Rio Grande do Norte. No entanto, as informações preliminares apontam que a situação é mais grave ainda do que nós imaginávamos”, declarou.

Fátima Bezerra afirmou ainda que espera que o Governo cumpra com os salários de outubro, os de novembro, de dezembro e o 13º salário até o fim do ano. “Espero, e é isso que esperam os servidores, que o Governo envide todos os esforços para dar uma resposta positiva aos servidores”.

A governadora eleita disse também que, a partir de 1º de janeiro, quando ela assume a chefia do Poder Executivo, “todas as medidas necessárias para corrigir esse desequilíbrio fiscal-financeiro serão tomadas”.

“Não há aqui uma medida milagrosa. Mas a nossa principal prioridade é normalizar o pagamento em dia dos servidores do nosso estado”, enfatizou.

Fátima também adiantou que, em sua gestão, pretende antecipar receitas para conseguir arcar com as despesas de pessoal. Contudo não deu detalhes sobre a proposta. “A nossa equipe já está estudando isso aí. Essa situação é muito grave. Porque, além do transtorno que isso traz para a vida dos servidores, para a vida de suas famílias, por outro lado há o impacto que isso traz também para a economia local”.

Proposta de indulto exclui condenado por corrupção



Ainda sem uma definição no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a validade do indulto natalino editado pelo presidente Michel Temer no ano passado, o governo já tem em mãos a proposta que serve de base para a formulação do decreto deste ano. A minuta apresentada pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) endurece as regras para um condenado obter o perdão da pena e incorpora restrições impostas em decisão liminar do ministro do STF Luís Roberto Barroso, como o veto do indulto a condenados por corrupção.

O Supremo já tem maioria para derrubar a liminar e manter o indulto de Temer de 2017, que admitia o perdão a condenados por crimes sem violência – como corrupção – que tivessem cumprido um quinto da pena até 25 de dezembro de 2017, ponto contestado pela Procuradoria-Geral da República e suspenso por Barroso. O julgamento, porém, foi interrompido anteontem após pedido de vista do ministro Luiz Fux. Desta forma, as regras definidas por Temer continuam suspensas até a retomada do julgamento.

Governo do RN não terá dinheiro para pagar 13º de 2018, diz Gabinete Civil; folha de novembro é anunciada

Tatiana Mendes Cunha, chefe do Gabinete Civil, RN — Foto: Alexandre Loureiro/Exemplus/COB

O Governo do Rio Grande do Norte não tem dinheiro para pagar o 13º salário de 2018, segundo informou nesta sexta-feira (30) a secretária do Gabinete Civil do Rio Grande do Norte, Tatiana Mendes Cunha. De acordo com ela, o governo trabalha para depositar a folha de novembro (a partir do dia 7) e deve deixar também para o próximo ano o pagamento dos salários de dezembro. Cada folha custa cerca de R$ 380 milhões.

Até mesmo a conclusão do 13º de 2017, que ainda não foi pago para o servidores que ganham acima de R$ 5 mil - cerca de 15 mil trabalhadores - não está garantida ainda. São cerca de R$ 141 milhões. O governo depende de uma decisão favorável do Tribunal de Justiça a um empréstimo envolvendo a antecipação dos royalties de petróleo e gás que o estado deve receber no próximo ano.

"Nós concluímos hoje (esta sexta, 30) a folha de outubro. Então, agora nós temos que cuidar da folha de novembro e tentar, com os recursos extraordinários, pagar o décimo terceiro de 2017, que ainda aguarda o pagamento", afirmou Tatiana Mendes Cunha. "Esse recurso, nós estamos aguardando o agravo de instrumento que está para ser julgado no Tribunal de Justiça. E se nós obtivermos êxito, teremos R$ 180 milhões, mais que suficiente", acrescentou.

Quando questionada sobre o décimo terceiro de 2018, a Tatiana declarou que não há recursos:"vamos ter que aguardar".

O G1 havia procurado a assessoria do governo do estado ao longo da semana passada, solicitando informações da Secretaria de Planejamento sobre os pagamentos, mas não recebeu retorno sobre o assunto.

Pagamento de novembro

No início da tarde desta sexta (30), o governo anunciou que começa vai pagar no dia 7 os salários de novembro dos servidores da área de segurança. Até o dia 11, devem receber os servidores ativos da saúde e demais servidores ativos e inativos que ganham até R$ 5 mil. Ainda não há data para quem ganha acima desse valor.

São pagos em dia, dentro do mês, os salários dos servidores de órgãos que têm orçamento próprio e os da Educação, que conta com recursos federais.

Déficit

Atualmente, o estado tem 57 mil servidores ativos, cerca e 42 mil aposentados, além de 10 mil pensionistas. Todos os meses, a previdência apresenta um déficit de R$ 120 milhões. Uma diferença negativa entre o que é arrecadado e o tem que ser pago aos beneficiários do sistema.

Para o presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais do Estado (Sindifisco) e um dos representantes do Fórum de Servidores do Rio Grande do Norte, Fernando Freitas, a preocupação é grande.

"Estamos nos reunindo com os demais poderes, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça e Ministério Público, para buscarmos soluções. Porque o problema não é só do Executivo. Uma hora vai faltar dinheiro para os repasses do duodécimos e para os servidores desses poderes também", argumenta.

Próxima gestão

A situação preocupa também quem vai assumir a administração do estado no próximo ano. Procurada pelo G1, a assessoria da equipe de transição do governo informou que o grupo está debruçado sobre esse assunto, analisando o projeto para o orçamento de 2019, coletando dados e trabalhando com as informações que vêm sendo apresentadas pela atual gestão.

Entretanto a equipe da governadora eleita Fátima Bezerra (PT) afirma que ainda não é possível adiantar que medidas serão adotadas para pagar as duas folhas salariais que vão faltar e colocar os salários em dia.

Motoristas de aplicativo protestam após assassinato de colega de trabalho em Natal

Motoristas de aplicativo protestam após assassinato de colega de trabalho em Natal — Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi

Motoristas de aplicativo saíram em carreata na tarde desta sexta-feira (30), na Zona Norte de Natal, em protesto por causa da morte de um colega de trabalho assassinado nesta quinta (29) durante um assalto. Os condutores, que reclamam da falta de segurança, seguiram em direção ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), onde está o corpo do colega de trabalho Alison José Nunes Azevedo.

O rapaz tinha 28 anos foi morto por volta das 19h30 desta quinta no bairro Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte da cidade. Alison recebeu um chamado para uma ocorrida, na qual quatro homens entraram no carro. Foi quando eles anunciaram o assalto e fizeram o motorista dirigir até a casa de um familiar.

“Lá, apenas um dos criminosos entrou na casa com o motorista. Foi quando ele reagiu e foi baleado. Os quatro assaltantes fugiram no carro do motorista”, afirmou o delegado Rysklyft Factore.

Os motoristas iniciaram a carreata de protesto próximo à área de lazer do conjunto Panatis e seguiram até a rua em que aconteceu o crime. Depois, eles foram até a Ponte Newton Navarro, que liga a Zona Norte à Zona Leste da capital. Lá bloquearam o tráfego por 20 minutos e foram para o Itep.

Isolado dos demais presos, Pezão será monitorado por câmeras em sala sem grades



Preso na manhã desta quinta-feira (29) pela Polícia Federal, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), não terá grades a contê-lo em seus primeiros dias como detento. O emedebista será isolado em uma sala sem estrutura de grades, mas monitorado 24 horas por câmeras. Ele é um dos alvos da Operação Boca de Lobo, novo desdobramento da Lava Jato no Rio.

Devido ao cargo que ocupa, Pezão foi levado à sala de Estado-maior de uma unidade prisional da Polícia Militar em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro. No local, cama e vaso sanitário, informa reportagem do portal G1.

O governador teve direito à uma refeição noturna composta por arroz ou macarrão, feijão, farinha, uma porção de carne, legumes, salada, sobremesa e suco. A opção seria apenas fazer um lanche neste primeiro dia preso, o que lhe daria direito a um copo de refrigerante e pão com manteiga ou bolo.

As investigações da Polícia Federal mostraram que Pezão não só integrou o esquema de corrupção que também levou à prisão o ex-governador fluminense Sérgio Cabral. O atual mandatário também desenvolveu um mecanismo particular de corrupção depois que Cabral deixou o Palácio da Guanabara. "É o que afirmam autoridades da Lava Jato mobilizadas na Operação Boca de Lobo", acrescenta a reportagem assinada por Marco Antônio Martins e Mariana Queiroz (G1 e GloboNews).

À frente das investigações, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse mais cedo que a corrupção instalada no Rio de Janeiro "é um esquema criminoso que ainda não cessou". Segundo a chefe do Ministério Público Federal (MPF), agentes do Estado continuam a praticar crimes e, por isso, foi necessário dar uma resposta judicial diante da gravidade das infrações.

O MPF diz haver provas documentais de que Pezão recebeu repasses ilícitos da ordem de R$ 40 milhões, em valores atualizados, entre 2007 e 2015. Os investigadores consideram o montante incompatível com o patrimônio declarado à Receita Federal pelo governador.

Um dia ruim

Pezão foi submetido a cerca de três horas de depoimento ao prédio da Polícia Federal na Praça Mauá, centro do Rio, antes de ser levado a uma unidade de triagem em Benfica, na zona norte. De lá, foi conduzido ao cárcere da PM em Niterói.

O governador passará por período de quarentena em que a única visita que poderá receber será de seu advogado. Em Niterói, terá direito a banho de sol diariamente, como lhe assegura a lei de execuções penais, e a atividades físicas.

A unidade prisional também submeterá Pezão a regras como participar, diária e pontualmente às 8h, do ritual de hasteamento de bandeiras. O compromisso será repetido às 18h, todos os dias. O governador também será obrigado a trabalhar no local, e uma das atividades laborais é o cultivo de uma horta.

A Polícia Militar informou que um aparelho de monitoramento foi instalado para monitorar os detentos, sem que seja necessária revista manual dos visitantes nas entradas do prédio. "A instalação desse novo equipamento reduziu a praticamente zero a entrada de celulares e outros objetos proibidos", afirmou a PM.

Contran dá novo prazo para implantação de placa do Mercosul em veículos do RN

Placas com padrão Mercosul começaram a ser instaladas no Rio de Janeiro — Foto: TV Globo



O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) deu um novo prazo para a implementação das placas padrão Mercosul no Rio Grande do Norte. O estado tem até o dia 17 de dezembro para começar a instalar as placas. O prazo anterior era 1º de dezembro. Agora, cada estado terá um prazo especifico.

O Detran do RN informou que não conseguiria começar a instalação das placas em 1º de dezembro porque ainda não houve a integração dos sistemas do Detran com o do Denatran.

"O estado ainda não conta com um sistema de monitoramento das placas, como já acontecia em algumas partes do país. A partir de agora, a placa será fabricada com um código exclusivo. Através desse código, o Detran vai poder acompanhar tudo relacionado a ela: onde foi produzida, armazenada, quando e por quem foi vendida e por fim, em qual carro foi instalada", informou o Detran do RN.

Quem precisa trocar

O novo padrão só precisa ser adotado para o primeiro emplacamento e, para quem tiver a placa antiga, no caso da troca de município ou propriedade.

Novo padrão de placas, já adotado no Rio de Janeiro, prevê combinação de 4 letras e 3 números — Foto: Karina Almeida e Claudia Peixoto/G1

'Novela'

Este é a quarta mudança no cronograma de adoção da placa do Mercosul no Brasil. O padrão já é usado na Argentina e no Uruguai.

Ela foi anunciada em 2014, deveria ter entrado em vigor por aqui em janeiro de 2016, foi adiada para 2017 e depois por tempo indeterminado.

Uma disputa judicial chegou a interromper a obrigatoriedade, mas o governo recorreu e retomou os emplacamentos.

Os últimos capítulos envolveram uma autorização para a redução do tamanho caso as placas não se encaixem nos locais determinados nos veículos e a retirada dos símbolos de identificação de estado e município.