segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Thiago Silva sofre lesão e preocupa Felipe Scolari


Paris (AE) - O Paris Saint-Germain confirmou que o zagueiro Thiago Silva sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda no último domingo, no empate por 1 a 1 com o Monaco, pelo Campeonato Francês. O clube ainda não estabeleceu um prazo para o retorno do defensor aos gramados, mas ele passou a virar dúvida da seleção brasileira para os dois amistosos que o time de Felipão fará em outubro - contra a Coreia do Sul, no dia 12, em Seul, e Zâmbia, três dias depois, em Pequim, na China.

 Por meio de uma nota publicada em seu site oficial, o Paris Saint-Germain destacou que a “duração da indisponibilidade do jogador da seleção brasileira será especificada mais tarde, dependendo da evolução da sua lesão”.

Ironia do destino, Thiago Silva se machucou justamente no dia em que completou 29 anos de idade. Por causa da lesão, ele deixou o jogo contra o Monaco já aos 16 minutos do primeiro tempo e pouco depois o seu time sofreu o gol de empate.

Após o confronto, o técnico do Paris Saint-Germain, Laurent Blanc, exibiu preocupação com o zagueiro. “Ele passará por exames amanhã (segunda), mas é um problema muscular. Penso que o perderemos por algum tempo”, admitiu o treinador.

O técnico Luiz Felipe Scolari irá convocar a seleção brasileira nesta quinta para os amistosos contra Coreia do Sul e Zâmbia. E Thiago Silva pode virar a segunda baixa de peso do Brasil para os confrontos, pois na semana passada a entidade antecipou que o goleiro Julio Cesar não será chamado para estes duelos por ter fraturado um dos dedos de sua mão durante treino do Queens Park Rangers, na Inglaterra.

Governo Rosa anuncia em reunião com 180 artesãoes à chegada da Carreta Itinerante do Artesanato

Artesãos do Rio Grande do Norte estiveram reunidos com a governadora Rosalba Ciarlini, a secretária Shirley Targino, da Secretária de Estado de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SETHAS), e a coordenadora do Programa Estadual do Artesanato (PROART), Elaine Morgado, na manhã desta segunda-feira (23), na Escola de Governo. O encontro teve como objetivo a apresentação da nova secretária da SETHAS e o anúncio de novas ações.

Uma das novidades apresentadas aos artesãos foi à chegada da Carreta Itinerante do Artesanato. A carreta servirá como instrumento de divulgação do trabalho produzido pelos artesãos potiguares em território nacional. “Fomos o segundo Estado contemplado com a Carreta Itinerante. Até janeiro de 2014 o veículo estará percorrendo as estradas brasileiras levando o artesanato potiguar aos quatro cantos do País”, afirmou Elaine Morgado, coordenadora do PROART.  Outra novidade é que a PROART acaba de receber um novo veículo para o transporte dos materiais para as feiras e exposições em território Estadual.

Além do novo projeto itinerante, a Secretária da SETHAS garantiu que irá incluir os artesãos do Estado em várias ações, sendo uma delas, o envolvimento desses profissionais na campanha do Outubro Rosa que acontece durante todo o mês de Outubro.

Participaram do evento mais de 180 artesãos das cidades de Caicó, Espírito Santo, Vera Cruz, Santa Cruz, Boa Saúde, Jucurutu, Goianinha, Lajes, Pendências, Assú, Itajá, Extremoz, Mossoró, Currais Novos, Timbaúba dos Batistas, Baía Formosa, além de Natal, Macaíba, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante. Atualmente, o PROART possui sete mil artesãos cadastrados em todo o Rio Grande do Norte.

Museu resgata a magia e o universo lúdico dos brinquedos populares

“Há um menino, há um moleque morando sempre no meu coração. Toda vez que o adulto balança, ele vem pra me dar a mão”. Começa assim a canção de Milton Nascimento e Fernando Brant, e é exatamente essa a sensação que toma conta do corpo e da mente ao adentrar o Museu do Brinquedo Popular, localizado no campus Cidade Alta do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

A iniciativa surgiu há quatro anos, exatamente quando o prédio – já restaurado – foi entregue à instituição. Um dos idealizadores do museu, o professor Lerson dos Santos, explica que a ideia para criação do espaço remonta a um período um pouco anterior, por volta de 2007. “Eu já coordenava, em parceria com o professor Marcus Vinícius Oliveira, o Núcleo de Estudos da Ludicidade Infantil (Neclin). Na época, o Ministério da Cultura (Minc) abriu um edital com o intuito de financiar pesquisas sobre cultura popular em todo o Brasil, então elaboramos um projeto que contemplava o registro e mapeamento dos brinquedos e brincadeiras tradicionais no RN”, explica.

“O projeto final da pesquisa era a elaboração de quatro exposições – nas cidades de Nova Cruz, Mossoró, Natal e Caicó – além da publicação de um livro (Brinquedos e brincadeiras populares: Identidade e memória; Ed. IFRN). Após o cumprimento dessa etapa, tínhamos mais de 300 brinquedos na mão e não sabíamos o que fazer com eles. Chegamos a iniciar negociações para montar o museu em algumas instituições do Estado, mas aí o IFRN, onde somos professores, recebeu o prédio em que hoje funciona o campus Cidade Alta, então o espaço nos foi disponibilizado”, conta Santos.

No museu, logo de cara é possível sentir a nostalgia dos anos de criança. A primeira sala abriga carrinhos de rolimã de todos os tamanhos. A seguir, bolinha de gude, baladeira, curral de osso, futebol de prego, carrapateira, cama-de-gato, roladeira, corrupio, uma verdadeira e invejável coleção de brinquedos populares. “Aqui cabe uma explicação”, aponta o organizador. “Existe uma diferença básica entre brinquedo popular e artesanal. Enquanto o brinquedo artesanal é construído com fins comerciais e recebe todo um acabamento estético, pintura e tudo mais, o artigo popular geralmente é feito pela própria criança ou pelo pai, ou seja, tem fins puramente lúdicos”, detalha. O foco do museu, aliás, é voltado aos brinquedos e brincadeiras populares.

A visitação ao Museu do Brinquedo Popular é gratuita e ocorre de segunda à sexta, das 7h30 às 21h. Aos sábados, o horário é das 7h30 às 16h. Caso um grupo a visita envolva um grupo com mais de 15 pessoas é necessário fazer o agendamento através do telefone 4005-0967.

Feira do Alecrim apresenta mudanças positivas após projeto de padronização

O projeto de revitalização e padronização das feiras livres de Natal, iniciado no último mês de junho pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), já apresenta resultados satisfatórios para quem frequenta a Feira Livre do Alecrim.

Problemas estruturais que comprometiam o funcionamento pleno do local receberam alguns ajustes e facilitaram as atividades dos vendedores e usuários de uma das maiores feiras livres do Estado.

O ponto mais radical nessas mudanças é a questão do espaço. Com a padronização das barracas, as vias de acesso aos diversos setores do local ficaram muito mais amplas, solucionando em parte o recorrente aborrecimento gerado pelo ‘trânsito’ caótico de pessoas, mercadorias, carrinhos de mão e até animais.

Durante a visita da equipe de reportagem d´O Jornal de Hoje na manhã do último sábado (21), foram constatados, também, a instalação de um pórtico de entrada, banheiros químicos e placas de identificação das seções. Além disso, assistentes de fiscalização da Semsur transitavam todo o tempo pelas dependências da feira, assim como várias equipes de limpeza.

Segundo o músico profissional Zé Marcos, natural de Minas Gerais, mas radicado em Natal e frequentador assíduo do comércio mais popular da capital potiguar, pode-se dizer que as melhorias chegam a um índice de 50%. “Eu, que venho sempre aqui, posso afirmar o quanto o funcionamento da feira já melhorou. Ainda assim, é preciso resolver uma série de pendências para que possamos usufruir desse espaço da melhor maneira possível. Acho que falta principalmente respeito dos comerciantes para com os frequentadores, questão de gentileza, mesmo. Mesmo com a ampliação do espaço, eles continuam empurrando as pessoas com os carrinhos de maneira grosseira”, aponta.

“Um ponto que ainda precisa ser organizado com mais cuidado é o setor de carnes, onde não há refrigeração e os cuidados com higiene são bem precários. Acho que é primordial que se adotem práticas que permitam uma maior segurança no comércio desse tipo de mercadoria, que é altamente perecível”, finaliza o artista.

O feirante Francisco da Silva, vendedor de frutas e verduras há quase 40 anos no local, explica que o cadastramento dos comerciantes já foi feito e que a documentação toda deve ser entregue até o fim do ano.

“O secretário [Raniere Barbosa] prometeu a regularização ainda para 2013, estamos aguardando. As ações da Prefeitura aqui foram excelentes, mas ainda há muito trabalho a ser feito. As tendas, por exemplo, estão em um estado deplorável; trocaram apenas três ou quatro lá da entrada e pronto, essas mais de trás estão em tempo de cair. Além disso, a feira não tem energia elétrica e falta segurança. Esperamos que essas questões sejam resolvidas para que a Feira do Alecrim possa funcionar ainda melhor”, afirma, esperançoso.

Programa Justiça e Escola é implantado em Serra Caiada


O programa Justiça e Escola foi implanta hoje (24) em Serra Caiada (RN) através da secretaria de educação e prefeitura, o evento foi realizado na escola Hermínio Ferreira, localiza no centro da cidade, o evento contou com as presenças do Desembargador Aderson Silvino, Desembargadora e coordenadora do programa Maria Zeneide e o Juiz e coordenador executivo José Undário. Além do prestigio das prefeitas: Ceiça Lisboa de Caiçara, Mara Cavalcante de Riachuelo, Maria Ivaneide e o presidente da câmara Manoel Perreira de Maxaranguape, Fafá Dantas de São Miguel e sione Ferreira de campestre. Vereadores, secretários e professores. 



“Esta é uma experiência piloto, quando em vez de capacitarmos professores que serão multiplicadores da metodologia do programa, transmitimos os conhecimento sobre os seis pilares do programa diretamente aos estudantes. Montamos seis ambientes em um cenário descontraído para falar sobre responsabilidade, zelo, cidadania, senso de justiça, sinceridade e respeito, sem perder de vista a atuação pedagógica”, disse a prefeita Socorro dos Anjos.

Cuiteense é assasinado em Rio Verde

Por volta das 09 horas da noite desse domingo (22), o cuiteense Moisés Eliasafe de 19 anos foi morto a tiros quando caminhava pela Rua Segipe no Setor Pauzanes em Rio Verde.

Segundo uma testemunha a vitima estava chegando à esquina com a Rua Luzia Seabra quando foi abordada por dois homens em uma moto preta.

O homem que estava na garupa efetuou vários disparos, atingido o rapaz inclusive na cabeça.

A mãe de Moisés que mora próxima ao local do crime acompanhou a remoção do corpo.

“Eu falei pra meu filho deixar essa vida, eu vivia buscando ele na rua”, Disse a mãe.

A mãe disse ainda que o filho era usuário de drogas, que havia conseguido uma vaga de internação em uma clinica de recuperação de dependentes químicos, a internação seria na segunda-feira.



Via Notícias da Serra

Neste ano, Impostômetro alcançará a marca de R$ 1,1 trilhão mais cedo

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai atingir a marca de R$ 1,1 trilhão nesta terça-feira (24), por volta das 20 horas. O valor corresponde a todos os tributos pagos pelos brasileiros desde janeiro deste ano para a União, Estados e municípios.

No ano passado, este montante foi alcançado no dia 7 de outubro, o que, de acordo com a ACSP, mostra um aumento da carga tributária. A projeção da instituição é que, até o final de 2013, o Impostômetro chegue a R$ 1,7 trilhão.

“O Brasil apresenta a maior carga tributária entre os países considerados emergentes, e supera inclusive a de algumas nações altamente desenvolvidas como Estados Unidos e Japão. E não temos o retorno de todo esse dinheiro”, criticou, em nota distribuída à imprensa, o presidente da ACSP, Rogério Amato.

A instituição informou que a porcentagem de impostos em produtos eletrônicos chega a, por exemplo, 72,18% no caso do videogame Playstation e a 39,12% no caso de tablets.

Em crise, fabricante de celulares BlackBerry é vendida por US$ 4,7 bi

Um consórcio liderado pela empresa de investimentos canadense Fairfax Financial Holdings ofereceu US$ 9 por cada ação da BlackBerry, também do Canadá, para adquirir o controle da companhia. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira (23), a fabricante de smartphones revelou que uma carta de intenções foi assinada entre as partes.

O preço sugerido pela gestora de fundos avalia a BlackBerry em US$ 4,7 bilhões. O valor seria pago em dinheiro pela Fairfax, e a empresa sairia da Bolsa de Valores.

De acordo com a BlackBerry, a firma de investimentos solicitou seis semanas para realizar a auditoria necessária e decidir quanto à aquisição –até o prazo máximo de 4 de novembro. A Fairfax já detém aproximadamente 10% do capital social da empresa.

Na sexta-feira (20), a BlackBerry divulgou que deve ter um prejuízo operacional de quase US$ 1 bilhão no trimestre encerrado em 31 de agosto, e anunciou um corte de um terço de seus funcionários. O motivo: vendas mais fracas que o esperado e dificuldades para recuperar sua fatia de mercado das concorrentes Apple, com o iPhone, e Samsung Electronics, com o Galaxy.

Dilma se encontra em Nova York com Bill Clinton e Cristina Kirchner


A presidenta Dilma Rousseff se reunirá hoje (23), no hotel em que está hospedada em Nova York, com o ex-presidente norte-americano Bill Clinton e com a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner. O encontro com Cristina será às 19h. Com Clinton, Dilma se encontra às 18h (horário de Brasília). A presidenta Dilma Rousseff chegou hoje às 6h55 a Nova York. Amanhã, ela fará o discurso de abertura da 68ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).

Clinton e Dilma devem discutir a possibilidade de parceria entre o Brasil e a Clinton Global Initiative (CGI), fundada em 2005 pelo ex-presidente. Como parte da Fundação Clinton, a CGI reúne líderes globais com o objetivo de criar e implementar soluções inovadoras para o desenvolvimento sustentável em países em desenvolvimento. A reunião anual da CGI é realizada a cada setembro em Nova York.

Em dezembro, o Rio de Janeiro sediará o primeiro encontro da CGI América Latina. A reunião deve reunir líderes regionais e globais de diversos setores da sociedade na busca de alianças para o combate aos desafios socioambientais na região.

Agência Brasil

Senado marca para amanhã votação da PEC que reduz preço de CD e DVD

O Senado vai concluir amanhã (24) com a votação em segundo turno a análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 123/2011, conhecida como PEC da Música. O texto isenta de impostos CDs e DVDs com obras musicais de autores brasileiros.

A exemplo do que ocorreu na votação em primeiro turno, o mínimo de 49 votos favoráveis para a aprovação da matéria deve ser atingido facilmente, mas sob protestos dos senadores do Amazonas. Eles argumentam que a desoneração fiscal da produção musical ameaça a indústria fonográfica e de vídeo instalada na Zona Franca de Manaus.

Como a isenção se aplica a todas as regiões do país, os senadores argumentam que a proposta poderá diminuir a diferença de tratamento tributário que hoje favorece o polo industrial amazonense. Se aprovada, a expectativa do setor é que os preços de CDs e DVDs caiam cerca de 30%.

Agência Brasil

Henrique e Garibaldi prestigiam filiação de Fafá ao PMDB


O presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Alves, e o ministro da Previdência, Garibaldi Filho, já estão em Mossoró para a filiação da ex-prefeita da cidade, Fafá Rosado, ao PMDB. O ato aconteceu às 18h de hoje, na Câmara de Vereadores. Na ocasião, os líderes peemedebistas destacaram que o Democratas, antiga legenda de Fafá, continua na condição de parceiro no município. Fafá afirmou que “não quer brigar com ninguém”, mas deixou claro que seguirá a orientação do novo partido. O PMDB anunciou recentemente o rompimento com o Governo Rosalba Ciarlini, do DEM.

Ao assinar a sua ficha de filiação do PMDB, a ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, afirmou que seguiu o “caminho do coração” voltando ao partido no qual começou sua militância política.

 Durante o evento, ela homenageou o ex-presidente estadual do partido, Aluizio Alves, falecido em 2006, um dos maiores incentivadores de sua candidatura à Prefeitura de Mossoró. Fafá também agradeceu o apoio e o compromisso do deputado Henrique Eduardo Alves e do ministro Garibaldi Filho, que a ajudaram nos seus oito anos como prefeita (2004 a 2012), do mesmo modo que, agora, continuam ajudando a prefeita Cláudia Regina (DEM).

O marido de Fafá Rosado, Leonardo Nogueira, permanece no DEM. O ministro Garibaldi Alves afirmou que não haverá qualquer tipo de pressão quanto a aliança/rompimento com o DEM mossoroense. Mas lembrou que antes de assinar a ficha de filiação “ela sabia que eu PMDB estava rompimento com o Democratas”.

Sucessão


Na ocasião, o assunto sucessão estadual foi repercutido pela imprensa local. O deputado Henrique Alves observou que a prioridade é renovar o mandato na Câmara Federal, mas disse que tanto ele quanto o ministro Garibaldi Alves podem participar do pleito na condição de cabeça de chapa.  O PMDB pretende lançar candidato próprio ao Governo.

Ministério

O ministro Garibaldi Alves descartou deixar o Ministério da Previdência, conforme especulação da revista de circulação nacional, Valor Econômico. “Eu tenho agenda de inaugurações programada até janeiro”, frisou ele. O peemedebista comentou ainda sobre a elaboração do programa de Governo do PMDB para a eleição estadual de 2014.  “Nós vamos planejar”. Sobre candidatura, assinalou: “existem outros nomes, como [dos ex-senadores] Fernando Bezerra e Geraldo Melo”, lembrou.

Tomba Farias discorda do TJ e elogia orçamento de Rosalba

O presidente da Comissão de Fiscalização e Finanças da Assembleia Legislativa, deputado estadual Tomba Farias, filiado ao PSB, partido presidido no RN pela ex-governadora Wilma de Faria, discordou do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Aderson Silvino, que na semana passada disse, em entrevista ao Jornal de Hoje, que o orçamento enviado pelo governo para apreciação e votação na Assembleia Legislativa é “irreal”.

“A gente tem escutado muito nos jornais, as notícias, das dificuldades que estão chegando, mas pelo menos uma coisa é certa, eu acho que o orçamento foi feito o real”, disse Tomba, esta manhã, em entrevista ao “Jornal da Cidade”, da FM 94. “No ano que se passou fizeram um orçamento fictício e esse ano fizeram um orçamento dentro da realidade da arrecadação do Rio Grande do Norte”, completou o parlamentar, que nesta semana será responsável por indicar o relator do Orçamento.

“Nós estamos aguardando que o Orçamento chegue à Comissão e em seguida vamos analisar para na próxima quarta-feira definirmos quem será o relator”, afirmou Tomba. Para ele, o que o leva a dizer que o orçamento está mais real é o fato de que o orçamento deste ano foi subestimado. “A gente sabe que o Estado está em uma situação difícil. As despesas aumentam e isso nos preocupa muito. Hoje o governo não tem dinheiro para custeio, o governo não tem dinheiro para investimento, isso é uma preocupação muito grande e a gente tem visto os poderes já se pronunciando, reclamando o orçamento e mais uma vez o orçamento vem cair no colo e nos braços da Assembleia Legislativa, que era uma peça que devia vir mais ou menos já definida, organizada, debatida por esses poderes, para que a gente pudesse apenas fazer algumas mudanças ou talvez aprová-la toda”, analisou.

O deputado Tomba Farias defendeu que diante das dificuldades, “chegou a hora também de todas as pessoas cederem um pouco; a própria Assembleia, o Tribunal de Justiça, o Ministério Público. A gente sabe que se precisa de recursos, que eles são importantes para gerir o órgão, mas tem que ser analisado com muito carinho, com muito cuidado, porque, se todo ano aumenta, e todo ano aumenta, vai chegar um dia que vai topar, não vai ter recursos. Isso precisa ser mais detalhado e está na hora de sentar todo mundo e poder fazer o orçamento desse ano”, afirmou.

Seis municípios potiguares não aparecem para receber seus carros-pipa

Os prefeitos de seis dos 18 municípios potiguares escolhidos para receber nesta segunda-feira a doação de um caminhão-pipa novinho, cada um no valor de R$ 250 mil, simplesmente não apareceram e nem mandaram representantes.

Eles foram os primeiros dos 149 municípios em estado de emergência a receber a doação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do Governo Federal, como forma de minimizar os efeitos da seca. Outros carros só chegarão em novembro.

Reservado pelo cerimonial da governadora Rosalba Ciarlini para ser um dos eventos mais importantes do dia da agenda oficial, a doação dos caminhões-pipa (um investimento de R$ 4,5 milhões do Ministério do Desenvolvimento Agrário para o RN) mereceu bem mais a atenção de Rosalba do que a reunião marcada para o mesmo horário na Escola de Governo. No encontro promovido pela Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SETHAS) para planejar o calendário dos artesãos para 2014, a chefe do Executivo não passou nem 14 minutos. Logo ela chegou à outra reunião, esta bem menos concorrida, mas considerada mais importante do ponto de vista institucional para o governo – numa manhã em que a agenda da governadora nem foi distribuída aos veículos de comunicação.

Pouco antes de sua chegada de Rosalba à Escola de Governo, por volta das 9h15, uma funcionária do cerimonial procurou o delegado do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA) no RN, Raimundo Costa, preocupada com a falta de pessoas à cerimônia de entrega dos carros-pipa.

“Estou achando muito pouca gente”, comentou para Raimundo Costa. “É lasca, você liga para todos os prefeitos, um por um, e nem assim fica tranqüilo se vão aparecer”, disse o delegado do MDA. E entre os municípios que não apareceram para pegar seu caminhão-pipa estavam Grossos, Guamaré, Ipanguaçu, Itaú,  João Câmara e Jucurutu. Boa Saúde, que não fazia parte da lista original de beneficiados, acabou incluída na última hora.

A ausência desses municípios motivou um comentário do chefe da Defesa Civil, tenente coronel Josenildo Aciolly: “Eles (os prefeitos) não devem estar muito precisados”, ironizou. Mais de 70 mil moradores da zona rural, entre eles cerca de oito mil famílias de agricultores, devem ser atingidos pelo programa de paliativos do Governo Federal.

A própria Rosalba, em várias oportunidades, afirmou considerar a presença de carros-pipa uma “vergonha” para o Estado – sinal de que não existem obras estruturantes capazes de resolver definitivamente o secular quadro da seca no Nordeste.

Em 80 municípios do Rio Grande do Norte, segundo a Emparn, choveu menos de 300 milímetros este ano. “Por causa disso, boa parte deles serão beneficiados com os caminhões-pipa”, justificou o delegado do MDA.

Raimundo Costa lembrou dados do IBGE, segundo os quais das 476 mil pessoas a serem atingidas com esses equipamentos, 76 mil são agricultores familiares.

Depois de receber retroescavadeiras e motoniveladoras, municípios potiguares voltaram a fazer parte da segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento. Desde 2012, o RN já recebeu 446 equipamentos, entre eles 163 retroescavadeiras, 149 motoescavadeiras e agora os caminhões-pipa.

O Comitê Integrado de Combate à Seca, criado em maio de 2012, ainda coordena a entregas de cisternas, perfuração e equipagem de poços, construção de barragens entre outras iniciativas.

Dentre as ações previstas ainda estão a assinatura do termo de cooperação técnica com Associação dos Municípios do Seridó Oriental (AMSO) e a Associação dos Municípios do Seridó (MAS) voltadas para 23 prefeituras da Região, 14 associadas à AMSO e nove à AMS. Cada cidade receberá cinco 5 poços, num total de 115 e ação ainda segue em execução.

A governadora Rosalba Ciarlini, mais uma vez, mencionou superficialmente as obras de construção da Barragem de Oiticica, cujo início vem sendo adiado sistematicamente desde junho, mas que agora deverá sair, atingindo diretamente 350 mil habitantes em 17 municípios do estado.

Com capacidade para 560 milhões de metros cúbicos e abastecendo a população dos municípios do Seridó, Vale do Açu e região Central do Rio Grande do Norte, a barragem é um antigo sonho dessas populações há décadas.

Sem qualquer tipo de monitoramento ou preocupação do Governo do Estado em criar um painel evolutivo das obras no Estado como forma de informar melhor a opinião pública,  os recursos de emergência do PAC-Seca financiam também a recuperação de 17 dessalinizadores na região Seridó.

Pelo Programa Água Doce, do Governo Federal, estão sendo investidos R$ 11 milhões, com contrapartida de R$ 1,1 milhão do Governo do Estado para  68 comunidades de diversos municípios do Estado (inclusive região Seridó), com a recuperação de dessalinizadores. Só não se sabe os números parciais dessas obras.
Outras iniciativas foram os convênios assinados entre o Ministério da Integração e o Governo do Estado, através da Semarh, com R$ 26 milhões para obras de infraestrutura hídrica. Esta ação está dentro do “Água para Todos”, programa do Governo Federal voltado para o semiárido nordestino e um dos âncoras do plano de erradicação da miséria.

Pelos convênios, R$ 23 milhões seriam destinados à implantação de sistemas simplificados de abastecimento d’água em comunidades e aglomerados rurais e R$ 3 milhões para a construção de barreiros.

E, finalmente, foram retomadas as obras da adutora Parelhas/Carnaúba dos Dantas, um investimento de R$ 10 milhões. Outra medida anunciada foi a retomada da obra da adutora de Laginhas, em Caicó, que beneficiará 600 pessoas e terá investimento de R$ 730 mil. Também em Caicó foi retomada a obra da adutora de Barra da Espingarda que beneficiará 400 pessoas e o investimento é de R$ 1,1 milhão do Orçamento Geral do Estado.

Justiça impõe limites para greve da Polícia Civil no RN

Os membros do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN) devem manter uma distância mínima de 200 metros do Centro Administrativo do Estado. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (23) pelo desembargador Cláudio Santos, do Tribunal de Justiça potiguar, que acatou pedido formulado pelo Estado. A medida também vale para as delegacias de plantão, Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol) e Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).

O sindicato, segundo a decisão, ficará impedido de criar "qualquer obstáculo, dificuldades ou embaraços ao acesso de quaisquer pessoas, cidadãos ou mesmo servidores públicos a esses órgãos". A multa por descumprimento é de R$ 50 mil por cada obstáculo ou embaraço criado, segundo informou o TJRN.

Segundo a diretoria do Sinpol, a medida é "pessoal". "A decisão reforça mais uma vez a pessoalidade das decisões do desembargador Cláudio Santos, que foi secretário de Segurança Pública do RN no passado, travando embates contra o sindicato". A diretoria do Sinpol pede suspeição de Cláudio Santos e antecipou ao G1 que as as decisões serão avaliadas em assembleia a partir das 8h desta terça-feira (23).

Na decisão, o magistrado informa que a greve “tem perturbado ou obstado o normal funcionamento de algumas repartições públicas, bem como o funcionamento do serviço de remoção de cadáveres”. O desembargador argumenta que é necessária “a adoção de medidas mais eficazes para compelir o sindicato recalcitrante a obedecer a ordem jurídica posta”.

Em sua petição, o Estado alega que o Sinpol/RN não cumpriu a decisão judicial que determinou a garantia de um efetivo mínimo de 70% de agentes, escrivães e funcionários do Itep durante o período de paralisação da categoria, iniciada em 6 de agosto.

Em sua decisão, o desembargador Cláudio Santos observa que embora o processo esteja suspenso, uma vez que o Sinpol alegou que ele é suspeito para julgar o processo, o Código de Processo Civil, em seu artigo 266, prevê a adoção, pelo juiz, “de medidas urgentes, a fim de evitar dano irreparável, mesmo durante o prazo de suspensão do processo, e visando ao resguardo da ordem jurídica, e ante a essencialidade do serviço de segurança pública, que ora é flagrantemente desrespeitada”.

Medidas
Além da restrição sobre a distância mínima a ser observada pelo Sinpol, o magistrado determinou - sob alegação de que os policiais civis andam armados e de que os dirigentes sindicais querem o confronto - a proibição de qualquer manifestação armada, sob pena de multa de R$ 50 mil ao sindicato, e proibiu que os servidores do Itep deixem de recolher os cadáveres, sob pena de multa de igual valor.

Claudio Santos aplicou ainda uma multa pessoal a todos os diretores do Sinpol/RN, no valor de R$ 5 mil, por dia de descumprimento, até o limite de R$ 50 mil, enquanto perdurar a greve. Além disso, por medida de cautela, autorizou “a retenção da contribuição sindical descontada de cada servidor contribuinte, viabilizando o adimplemento da execução da decisão judicial”.

RN tem 92,8% dos municípios com situação fiscal difícil, diz Firjan

A situação fiscal da maioria dos municípios do Rio Grande do Norte é difícil ou crítica, de acordo com o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), elaborado pelo Sistema Firjan. Segundo a análise de 154 dos 162 municípios potiguares, 92,8% tem a gestão fiscal difícil ou crítica. Natal ficou em penúltimo lugar entre as capitais brasileiras e as cidades de Trairí e Pedro Velho ocupam, respectivamente, a antepenúltima e a penúltima posição na lista dos dez piores desempenhos.

Com periodicidade anual, o IFGF traz dados de 2011 e comparativos com os anos de 2006 a 2010. O estudo é elaborado exclusivamente com estatísticas oficiais, a partir de dados declarados pelos próprios municípios à Secretaria do Tesouro Nacional, responsável por consolidar informações sobre as contas públicas municipais. O índice varia entre 0 e 1, quanto maior a pontuação, melhor é a gestão fiscal do município. Cada município é classificado com conceitos A (Gestão de Excelência, acima de 0,8001 ponto), B (Boa Gestão, entre 0,6001 e 0,8), C (Gestão em Dificuldade, entre 0,4001 e 0,6) ou D (Gestão Crítica, inferiores a 0,4 ponto).

O índice é composto por cinco indicadores: IFGF Receita Própria, que mede a capacidade de arrecadação de cada município e sua dependência das transferências de recursos dos governos estadual e federal; IFGF Gasto com Pessoal, que representa o gasto dos municípios com quadro de servidores, avaliando o grau de rigidez do orçamento para execução das políticas públicas; IFGF Liquidez, responsável por verificar a relação entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os ativos financeiros disponíveis para pagá-los no exercício seguinte; IFGF Investimentos, que acompanha o total de investimentos em relação à receita líquida, e, por último, o IFGF Custo da Dívida, que avalia o comprometimento do orçamento com o pagamento de juros e amortizações de empréstimos contraídos em exercícios anteriores.

Mesmo entre os dez melhores resultados do ranking do estado, nenhuma cidade ganhou a melhor classificação: conceito A (gestão de excelência). Na 397ª posição no ranking nacional e em situação de boa gestão, Serra Negra do Norte ficou em primeiro lugar no estado, dando exemplo de como é possível ter boa gestão fiscal apesar da crítica geração de receitas próprias, sobressaindo-se pelas notas máximas obtidas no IFGF Investimentos e no IFGF Liquidez. Na lista completa dos dez melhores resultados estão Serra Negra do Norte, Alto do Rodrigues, São José do Seridó, Viçosa, Senador Elói de Souza, Parazinho, Ielmo Marinho, Almino Afonso, Lajes e Guamaré.

Na outra ponta do ranking estadual, entre os dez piores colocados, os resultados ruins foram generalizados. Chamaram a atenção as notas zero no IFGF Liquidez de todos os municípios, indicando que terminaram o ano de 2011 com mais restos a pagar do que recursos em caixa para cobri-los no exercício seguinte. Integram a lista dos dez piores resultados: São Pedro, Serrinha, Itajá, Tibau, Lagoa Nova, Cerro Corá, Montanhas, Taipu, São Bento do Trairí e Pedro Velho, em última posição. Ao lado de Itajá, os três últimos colocados registraram nota zero no IFGF Gastos com Pessoal, ou seja, superaram o teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para a folha de salários do funcionalismo municipal (60% da Receita Corrente Líquida).

Das 5.563 prefeituras brasileiras, 399 não foram avaliadas por ausência ou inconsistência de dados no Tesouro Nacional. No Rio Grande do Norte, 13 cidades ficaram fora da lista: Caraúbas, Felipe Guerra, Galinhos, Jardim de Angicos, Macau, Monte das Gameleiras, Paraú, Santa Maria, São José do Campestre, Serra de São Bento, Severiano Melo, Taboleiro Grande e Vila Flor.

Na média do IFGF, o país apresenta situação fiscal difícil, com 0,5295 pontos, discreto crescimento de 0,3% em comparação com 2010. Dos 3.418 municípios que ficaram abaixo de 0,6 pontos, 2.328 (45,1%) foram avaliados em situação fiscal difícil, e 1.090 (21,1%) em crítica. A gestão boa foi verificada em 1.662 cidades (32,2%), enquanto a administração de excelência ficou restrita a apenas 84 prefeituras (1,6%).

Senador José Agripino acredita que Rosalba Ciarlini está inviabilizada para tentar a reeleição

Restando um ano e sete dias para as eleições de 2014, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) ainda não decidiu se será candidata à reeleição. Entretanto, com reprovação acima dos 80%, segundo a última pesquisa Consult, a possibilidade de ela vir a disputar a reeleição é vista como algo improvável – embora não impossível.

Neste sentido, os próprios políticos já emitem sinais, diretos e indiretos, de que estariam “abandonando o barco” rosalbista. Sinal forte neste sentido, recentemente, foi o rompimento do PMDB com o governo. Os líderes peemedebistas Henrique e Garibaldi Alves já decidiram, inclusive, que o partido terá candidato próprio nas eleições de 2014.

No último final de semana, foi a vez do líder nacional do DEM, partido de Rosalba, José Agripino Maia, anunciar que não vê chances de a governadora disputar a reeleição de 2014, uma ameaça ao projeto de candidatura à reeleição da governadora. No entanto, Agripino colocou uma condição para que Rosalba dispute a reeleição: ter o apoio do PMDB.

A informação foi veiculada pela coluna do jornalista Claudio Humberto, que disse: “Presidente do DEM, o senador José Agripino não vê chance de a governadora Rosalba Ciarlini disputar reeleição em 2014, a não ser que ela consiga costurar ampla aliança, com apoio do PMDB”. Até o final da manhã de hoje, a reportagem tentou falar com o senador José Agripino, mas não conseguiu e nem o presidente do DEM havia desmentido a nota do colunista.

DIFICULDADES
Devido à falta de apoio popular, escasseiam os apoios políticos ao governo Rosalba. Nesse contexto, há forte preocupação quanto ao futuro do DEM no RN. A ideia é que, não dando para salvar o mandato da governadora, que o DEM busque resguardar ao menos os demais mandatos que tem: hoje o DEM tem dois deputados federais e três estaduais.

Eleita por uma ampla aliança que incluía, além do DEM, o PMDB, o PR, o PV, o PMN, o PSD, o PSL e outras legendas, Rosalba Ciarlini terminou cedendo na sua base e vários partidos abandonam o barco. Primeiro foi o vice-governador Robinson Faria (PSD), que deixou o governo ainda no final do primeiro ano de gestão, em 2011.  Em seguida, foi o PV, presidido no estado pelo senador Paulo Davim, que também deixou o governo, rompendo em 2012. Na sequencia, em julho passado, o PMDB, dos líderes Garibaldi e Henrique, afastou-se do governo. Mais recentemente, o PSL, do ex-diretor do PROCON Araken Farias, também deixou o barco governista.

Apenas PMN e PR acompanham o DEM no apoio ao governo. Seria improvável que o DEM apoiasse a candidatura à reeleição da governadora com tão poucos apoios. Seria “suicídio político”, com a exterminação dos mandatos legislativos.

Dúvida é se Rosalba teria legenda para disputar
No seio governista, discute-se, porém, a possibilidade de Rosalba disputar a reeleição. O PR, do deputado federal João Maia, seduzido por cargos e pela verba pública que eles representam, já teria mudado de planos e decidido permanecer no governo após a saída do PMDB. O PMN do deputado Ricardo Motta, que traz a tiracolo o PP, presidido no RN pelo vereador Rafael Motta, seu filho, também permaneceria na base governista. Na verdade, há quem aposte que esses partidos também evacuarão o governo, bastando para tanto que a gestão continue ladeira abaixo como está – segundo os levantamentos.

Por isso, permanece a dúvida: se, com o apoio desses partidos apenas, o senador José Agripino, que detém o controle da máquina partidária do DEM, “daria” a legenda para a governadora, correndo forte risco de prejuízo político. É válido lembrar que a relação política entre Agripino e a governadora Rosalba Ciarlini não é das mais amistosas desde há algum tempo, quando ele cobrou uma postura oposicionista dela em relação ao governo federal e Rosalba, pensando no seu governo estadual, adotou o discurso “republicano” difundido pela presidente Dilma Rousseff e seus correligionários no Estado.

Terminou entrando para história a desfeita de Rosalba a Agripino, quando da negativa dela em participar da propaganda política do DEM criticando o governo do PT. A governadora preferiu ficar fora, desagradando ao democrata, tentando fazer a política de governadora domesticada do Palácio do Planalto, de quem depende para obter recursos federais. Nessa linha, Rosalba chegou a acenar, publicamente, com a possibilidade de votar em Dilma na reeleição em 2014, “se Dilma for o melhor para o Brasil”. A postura da governadora azedou a relação política com José Agripino, que se afastou temporariamente da gestão.

Governo usa cargos do PMDB para formar “exército eleitoral”
Nos últimos dias, porém, com a saída do PMDB da gestão, o “núcleo diretivo” do governo, comandado por Rosalba e Carlos Augusto Rosado, aproveita os espaços abertos na administração com a saída de Henrique e Garibaldi para acomodar os que pretendem “formar o exército” rosalbista que irá para a “luta eleitoral” defender o nome de Rosalba nas eleições do ano que vem.

Entre os contemplados com cargos e fartos espaços no governo, constam, além do PR, que assumiu o controle da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social, e ainda a Emater, que administra o disputado “Programa do Leite”, os deputados federais e estaduais do DEM e o próprio presidente do DEM, senador José Agripino, a quem teria sido oferecida a indicação do novo secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, no lugar de Junior Teixeira, indicado por Henrique e que saiu da pasta com o afastamento do PMDB.

Com a reocupação desses cargos – quase 500 -, Carlos Augusto espera agradar a José Agripino, de modo a obter do líder democrata a legenda para que Rosalba “vá para a guerra” mostrar o que fez de bom na sua administração. Aliás, este – candidatar-se para mostrar o bom do seu governo – já tem sido o discurso propalado pelos deputados do DEM, que na semana passada na Assembleia Legislativa defenderam que Rosalba deve ir para a campanha eleitoral porque “tem o que mostrar, e dizer que não há corrupção no seu governo”.

Reeleição de deputados do DEM preocupa e aumenta dificuldades
Apesar disso, a preocupação quanto à reeleição dos deputados do DEM – especialmente – Felipe Maia, filho do senador José Agripino e herdeiro político da tradicional oligarquia Maia no Rio Grande do Norte, ainda perdura, e poderá criar dificuldade para que Rosalba tenha o partido para disputar a reeleição, conforme sugerido pelo colunista Claudio Humberto.

Neste sentido, Agripino alimentaria a possibilidade de o DEM formalizar uma aliança política com o PMDB para as eleições de 2014. Ele não esperava que o PMDB fosse efetivamente romper com o governo do DEM. Em verdade, o líder do DEM acreditava que Henrique contornasse o problema gerado pelo deputado Walter Alves, que defendeu em entrevista ao Jornal de Hoje o rompimento do PMDB com o governo Rosalba. Mas Henrique não pôde ser contra o partido e acatou o afastamento.

Nos bastidores, todavia, é tido que o PMDB não rompeu com o DEM, afastou-se apenas – e em parte – do governo, com quem manteria relações administrativas pontuais, dado o interesse do presidente da Câmara dos Deputados na execução de obras federais no Rio Grande do Norte. Henrique teria deixado em aberto junto a José Agripino, a hipótese de o PMDB aliar-se ao DEM na disputa proporcional – mandatos de deputados estaduais e federais -, não fechando, em definitivo, as portas do PMDB para composições com DEM para 2014.

O problema é que, aparentemente tendo percebido essa jogada, o ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB), que já descartou por várias vezes candidatar-se ao governo, assumiu a condução do processo sucessório dentro do PMDB, com uma forte sinalização de apoio ao nome do vice-governador Robinson Faria, presidente estadual do PSD e pré-candidato a governador. Se a tese de Garibaldi prosperar, entrará em confronto com a de Henrique.

Entre os analistas políticos, a janela a um entendimento com o DEM poderia ser a “senha” para que Henrique venha a ser candidato das oposições ao governo do Estado, contando com o apoio do DEM. Já se Henrique for levado pela tese de Garibaldi, significará o “isolamento político” do DEM e do senador José Agripino, Rosalba e o DEM.

Neste sentido, José Agripino estaria disposto a fazer qualquer negócio para não ficar isolado. Desde apoiar uma candidatura de Wilma de Faria, presidente do PSB, que acabou de romper com o PT em nível nacional, a até mesmo disputar o cargo de governador do RN, já que uma derrota não afetaria seu poder, haja vista que o seu mandato de senador tem validade até 2018. Tudo para atrair apoios para fortalecer a chapa do DEM, de modo que o partido não saia prejudicado nas eleições de 2014.

Ex-prefeito e agentes públicos de Pau dos Ferros são condenados por improbidade

O juiz Cleanto Fortunato da Silva, da 1ª Vara Cível de Pau dos Ferros, condenou o ex-prefeito daquele município, Leonardo Nunes Rêgo, juntamente com mais quatro agentes públicos e uma empresa de propaganda nas penas previstas na Ação Civil de Improbidade Administrativa e na Ação Popular, ambas movidas pelo Ministério Público Estadual.

O Ministério Público afirma que recebeu representação de vereadores do Município de Pau dos Ferros acerca de possíveis irregularidades no processo de licitação para contratação de serviços de publicidade na prefeitura daquele ente público, sendo então instaurado o Inquérito Civil nº 08/2005 para apurar os fatos.

O Ministério Público disse que o Inquérito Civil indica que a licitação foi “montada”, tendo havido favorecimento da empresa Erick Wanderley Gurgel ME. Afirmou que a documentação apresentada por esta empresa foi trocada pelos membros da Comissão Permanente de Licitação na sede da prefeitura.

Os réus defenderam a inocorrência de ato de improbidade e a empresa sustentou a inconstitucionalidade da Lei nº 8.429/92 na esfera da administração municipal e a imprestabilidade do inquérito civil para fins de prova e do art. 17, § 6º, da LIA e no mérito a inocorrência de ato de improbidade.

Para o juiz, “diante dos elementos demonstrados, ficou configurada a irregularidade no processo de licitação, demonstrado ainda o dolo genérico na conduta de todos os réus, constituído na consciência e vontade de agir ao arrepio da lei, falseando documento que instruiu o procedimento administrativo”.

O magistrado considerou à gravidade da conduta provada, levando em conta inocorrência de enriquecimento ilícito no caso concreto, a inocorrência de dano ao Erário, asseverando ainda o grau de reprovabilidade da conduta. Assim, entendeu suficiente e adequada a aplicação aos réus das sanções prevista na legislação pertinente.

Condenações
Para os réus Antônio Jonas Gomes, Egrimaldo Alves de Queiroz, Ana Cláudia Pignatario Fernades e Francisco Matheus Ricelly Pinto de Sena, o magistrado determinou o pagamento de multa civil de cinco vezes o valor da remuneração percebida por cada um dos agentes públicos – dentro e bem abaixo do limite legal do art. 12, III, da LIA de até 100 vezes a remuneração/subsídio do agente à época – a ser corrigida nos termos da redação vigente no art. 1º-F da Lei 9494/97, a partir da publicação da sentença.

Para o réu Leonardo Nunes Rêgo, prefeito do Município de Pau dos Ferros à época dos fatos (2005), o juiz determinou a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três anos; o pagamento de multa civil de cinco vezes o valor da remuneração percebida pelo réu – dentro e bem abaixo do limite legal do art. 12, III, da LIA de até 100 vezes a remuneração/subsídio do agente à época – a ser corrigida nos termos da redação vigente no art. 1º-F da Lei 9494/97, a partir da publicação da sentença.

Para o réu Erick Wanderley Gurgel – ME (Executiva Propaganda), for determinado o pagamento de multa civil no valor de R$ 10 mil a ser corrigida nos termos da redação vigente no art. 1º-F da Lei 9494/97, a partir da publicação da sentença.

A empresa também está proibida de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

Semana da Câmara Municipal de Natal será com projetos polêmicos

O vereador Albert Dickson confirmou ainda para esta semana uma série de votações importantes na Câmara Municipal. O parlamentar disse que o empréstimo milionário solicitado pela Prefeitura junto a Caixa Econômica será analisado amanhã, em regime de urgência. Caso seja aprovado, o município terá garantido os recursos para financiar as contrapartidas das obras de mobilidade urbana previstas com a Copa de 2014.

Na sequência, os vereadores devem apreciar o projeto de redução das férias parlamentares, atualmente de 90 dias, para apenas 45 dias, sendo 15 no meio do ano e outros 30 nos finais de cada temporada.

O Passe Livre, proposto pela vereadora Amanda Gurgel (PSTU), e o fim do voto secreto, do vereador Sandro Pimentel (PSOL), também devem aparecer na pauta do plenário durante esta semana. Albert assumiu ser favorável as matérias, e acredita na aprovação das mesmas.

Por sede própria para CMN, Albert articula reeleição
O vereador Albert Dickson (PP) trabalha para garantir sua reeleição na presidência da Câmara Municipal de Natal para o biênio 2015/2016. O parlamentar acredita que a continuidade do seu mandato é fundamental para retirar do papel o projeto de construção da sede própria para o Legislativo natalense, ideia capitaneada pelo pepista desde que assumiu o cargo, em janeiro deste ano.

Segundo Albert, a Câmara já possui R$ 1 milhão garantidos para iniciar o projeto, recurso oriundo da venda da conta única da Casa para a Caixa Econômica Federal. Também já há o compromisso junto ao BNDES para financiar o aparelhamento das novas instalações da CMN. Além disso, o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) aceitou ceder terreno da Prefeitura, localizado no bairro da Redinha, para erguer o novo prédio.

“Então, nós queremos fazer na Câmara como é feito na Assembleia Legislativa, por exemplo. Que a eleição seja permitida na mesma legislatura e não em legislaturas diferentes, como é hoje. Porque o tempo de quatro anos é importante para os projetos terem continuidade”, disse Albert Dickson na manhã de hoje, durante visita realizada a direção deste O Jornal de Hoje.

Com a construção da sede própria, o vereador enfatiza que o município terá uma economia de recursos equivalente a, pelo menos, R$ 70 mil por mês. Este é o valor pago pela Câmara pelos imóveis alugados onde atualmente funciona a Casa, no bairro de Petrópolis.

Entre outros benefícios da sede própria, Albert relata o fato de contribuir para a redução do trânsito na cidade, já que a obra ficará em uma espécie de contra fluxo da maioria dos veículos, e também o desenvolvimento que levará para a zona Norte da cidade, em especial o bairro da Redinha, tradicional ponto turístico da cidade.

Ainda de acordo com o parlamentar, o prefeito Carlos Eduardo também planeja aproveitar a iniciativa do Legislativo para erguer, no terreno vizinho onde funcionará a futura Câmara, o centro administrativo municipal. A ideia é a mesma, eliminar os gastos com aluguéis, hoje um dos maiores custos da cidade.


Demais projetos
Além da construção da sede própria, Albert Dickson enfatiza a importância dos demais projetos iniciados durante sua administração. Entre eles está o investimento na melhoria do sistema de segurança do Palácio Frei Miguelinho, sede da Câmara. Após os recentes problemas com invasão de manifestantes no local, o parlamentar instalou porta giratória e detector de metais no local. Além disso, os visitantes também precisam realizar cadastros para entrar no lugar. Tudo para aumentar a proteção de quem esteja dentro da Casa.

Albert listou ainda a dedicação em implantar o portal da transparência, criado na gestão do ex-vereador Edivan Martins (PV), mas que recebeu apoio da atual administração para entrar em funcionamento. Para o pepista, a medida foi fundamental para melhorar a “transparência” dos atos dos vereadores.

Recentemente a Câmara voltou a utilizar o colegiado de líderes, como forma de otimizar as decisões tomadas pela Casa e agilizar votações e debates. Segundo Albert, também serviu para democratizar as decisões dos vereadores, antes submetidos as vontades da mesa diretora.

Outra conquista, na análise do vereador, foi o canal aberto para a TV Câmara. Com 10 anos completados em 2013, a emissora legislativa mais antiga do país está perto de ser transmitida pelo canal 51. Para isso, Albert está destinando investimentos para o início do processo de cabeamento. Com isso, as decisões da Câmara tendem a ser ainda mais divulgadas e acompanhadas pela população.

Governadora apoia ampliação do curso de Medicina e assegura emenda para a UERN

A governadora Rosalba Ciarlini assumiu o compromisso com o futuro Reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), professor Pedro Fernandes, de trabalhar junto ao governo federal para a oferta de mais uma turma de Medicina na instituição. Rosalba afirmou que vai procurar os Ministros da Educação, Aloísio Mercadante, e da Saúde, Alexandre Padilha, em busca de parceria para melhorar a infraestrutura da Faculdade de Ciências da Saúde, da UERN.

Como a interiorização do curso de Medicina é uma das metas do governo federal para suprir a falta de médicos nos municípios brasileiros, a governadora disse acreditar que a UERN receberá atenção especial. Assim, somado ao apoio do governo do Estado, a universidade poderá ofertar 60 vagas previstas. “A UERN se enquadra perfeitamente nessa proposta de formação de médicos no interior, principalmente, por se tratar de uma universidade pública que tem conceito 5 no curso de Medicina”, ressalta a Governadora.

Rosalba demonstrou interesse na proposta do reitor Pedro Fernandes em transformar o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) em um Hospital/Ensino para os alunos dos cursos da área de saúde da instituição.”Vamos buscar as condições para que o Hospital Tarcísio Maia seja sim, um Hospital/Ensino”, afirmou.

Além do empenho para a ampliação das vagas de Medicina, Rosalba Ciarlini assegurou uma emenda do governo ao Orçamento Geral da União (OGU) 2014. Será a segunda vez que isso ocorrerá. No OGU de 2013, a governadora também escolheu a UERN para ser contemplada com uma emenda de R$ 40 milhões, dentro da cota do governo do Estado.

O reitor Pedro Fernandes agradeceu o apoio da governadora, manifestando otimismo com a perspectiva de ter seu início de gestão marcado pela ampliação de Medicina e melhoria em todos os cursos da instituição através dos recursos de emendas do OGU.

Além disso, há expectativa de outras verbas federais que podem vir para investimentos a partir do movimento das universidades estaduais brasileiras que também recebe o apoio da bancada do RN.

“Estamos confiantes que a UERN alcançará esses objetivos porque a governadora e nossos parlamentares conduzirão essa luta, em Brasília. Essa manifestação venho recebendo de todos eles”, exaltou.

Para MP, Destaque deverá castrar os gatos de rua como compensação por danos do Carnatal

Os 22 anos de realização do Carnatal, maior micareta do Brasil, causaram diversos danos ambientais na visão da Promotora de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Rossana Sudário.  Segundo ela, é necessário que a degradação ambiental causada em detrimento do evento seja, de alguma maneira, recompensada. Sem apresentar um valor liquidado a cerca dos danos causados, a promotora vem tentando discutir com a empresa responsável pelo evento, a Destaque Promoções, um meio de conciliação. Para ela, uma das formas da empresa compensar os danos seria contribuindo com a castração de gatos de rua.

Apesar de soar estranho, a proposta levantada pela Promotora do Meio Ambiente visa garantir que os prejuízos causados possam ser compensados em algum benefício para a população. De acordo com ela, um dos maiores problemas da promotoria e de órgãos públicos relacionais à saúde e meio ambiente se dá na extinção dos gatos de rua, transmissores de doenças.

“A minha proposta é de conciliação. São muitos anos do evento que geram conseqüências ao meio ambiente. Como não se trata de um processo, não tenho como mensurar o valor desse prejuízo, mas posso sugerir uma compensação. E é isso que estou tentando negociar”, afirmou a promotora. “Nós temos muita dificuldade em resolver os problemas dos animais. Acredito que essa seja uma ótima maneira da Destaque compensar os prejuízos”, destacou.

O município de Natal não possui hospital público para animais. Sob esse argumento, a promotora Rossana Sudário propôs que a empresa venha a ceder uma de suas propriedades para construção de um hospital. Essa proposta foi apresentada durante audiência de conciliação realizada na manhã de hoje, no Ministério Público. “O representante da Destaque alegou que está passando por crise financeira, mas sabemos que eles têm propriedades que podem nos ajudar. Porém, nada ficou definido”, disse Rossana.

Outra audiência de conciliação entre a promotora e a Destaque Promoções foi agendada para o dia 22 de outubro, oportunidade em que a empresa deverá apresentar uma contraproposta. “A Destaque quer contribuir, mas também não reconhece que deve algo. Essa proposta foi um tanto inesperada para nós, mas ainda iremos avaliar melhor. Veremos o que poderá ser apresentado na próxima audiência”, declarou Francisco Canindé Alves, advogado da Destaque.

Quadrilha de tráfico internacional de drogas com ramificação no RN é desarticulada pela polícia

Uma ação conjunta entre as polícias civil e militar da Paraíba desarticulou uma quadrilha de traficantes internacional de drogas que atuava no Rio Grande do Norte e em outros oito estados brasileiros onde o grupo tinha ramificações. Ao total, 14 pessoas foram pressas e 22 indiciadas até este final de semana, incluindo o líder do bando, o peruano Walmer Ramirez Campos, detido em Fortaleza.

Os entorpecentes vinham da Bolívia e encaminhados para o Ceará, de onde era distribuído para os demais estados.
Segundo o delegado Cristiano Jacques, a quadrilha mantinha contato com vários traficantes que estão cumprindo penas em penitenciárias de vários estados e as investigações começaram em julho passado, quando três pessoas foram presas em flagrantes no município de Patos, no sertão paraibano, com dois quilos de maconha prensada.

“Após a prisão dos suspeitos, iniciamos um trabalho investigativo que resultou na prisão de outros traficantes, e também investigamos inclusive pessoas presas, como é o caso de um apenado do Presídio Regional de Patos, na Paraíba, condenado a 14 anos de reclusão por tráfico, associação e formação de quadrilha. Com isso, chegamos à rota de entrada da droga no Brasil, bem como a sua distribuição para os demais estados”, explicou o delegado.

Conforme as investigações, os entorpecentes (crack, cocaína e maconha) vinham da Bolívia e entrava no Brasil através dos estados do Acre e Mato Grosso, nas regiões Norte e Centro-Oeste do país. Destes, o material era levado para o município de Fortaleza, no Ceará, onde era distribuída para o Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Maranhão, Piauí, São Paulo, Amazonas e Acre.

“Além destes, a droga também era enviada para os países do Peru e Espanha, o que demonstra o caráter internacional da distribuição dos entorpecentes. A rede criminosa era muito complexa e os traficantes-compradores faziam o pagamento através de depósitos bancários em contas indicadas pelo líder da quadrilha ou ainda pela chefia ou pessoa indicada por este, que, em muitos casos, era a esposa de Walmer, a brasileira Raquel Vieira de Lima”, afirmou o delegado.

Walmer, também conhecido pelos apelidos de “Tony” e “Gringo”, usava o nome falso de Marco Antonio Chavarry Trujillo e foi já havia sido detido anteriormente pela Polícia Federal quando transportava cocaína vinda do exterior, no aeroporto de Fortaleza. No último sábado, ele e sua esposa foram presos em flagrante por policiais civis e militares da Paraíba e do Ceará, durante a Operação “Prefixo”, em um imóvel no bairro Henrique Jorge, na capital cearense.

A Polícia Civil da Paraíba vai investigar ainda a quantidade da movimentação financeira da quadrilha internacional, já que os valores cobrados pelo quilo das drogas chegavam a R$ 16 mil, como no caso da cocaína. Os responsáveis pelas investigações devem enviar ainda nesta semana as informações relacionadas aos integrantes da quadrilha que atuam no Rio Grande do Norte, para que eles sejam localizados e presos.

Ministro Garibaldi e Henrique assinam ficha de filiação de Fafá

Quem prestigia a filiação da ex-prefeita de Mossoró Fafá Rosado ao PMDB serão o ministro da Previdência Garibaldi Filho e o deputado e presidente da Câmara Federal Henrique Eduardo.

Os dois vão assinar a ficha de filiação da ex-prefeita que troca o DEM pelo PMDB, partido pelo qual entrou para a política e para onde volta agora.

No PMDB Fafá tem duas alternativas ou ser candidata à deputada federal ou ser vice na chapa majoritária, se o candidato apoiado pelo partido não for do PMDB.



Via Robson Pires

FUG inicia no próximo dia 25 o Curso para Gestores Públicos Municipais – Módulo II , Competências e atuação do Poder Legislativo

O curso será realizado na sede da Fundação Ulysses Guimarães RN, localizada na Av. Engenheiro Roberto Freire, 2951 – Capim Macio. CCAB SUL Sala 03/ Bloco 03.
Investimento: Gratuito

Dilma fará “ataque” aos EUA nesta terça-feira

A presidente Dilma Rousseff vai aproveitar o discurso de abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) na terça-feira para protestar contra a espionagem da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) no Brasil. O órgão interceptou comunicações de brasileiros, da própria presidente e da Petrobras. A ação provocou mal-estar entre os dois países e levou Dilma a adiar a visita de Estado que faria aos Estados Unidos no dia 23 de outubro.

Segundo fontes do Palácio do Planalto, a presidente deve ressaltar em seu discurso que a espionagem é inadmissível, especialmente contra o Brasil, um país que não professa nem abriga o terrorismo e que é aliado dos Estados Unidos. Outro aspecto considerado grave e que deve ser destacado por Dilma é o fato de a NSA ter bisbilhotado informações da Petrobras, o que poderia trazer danos aos negócios da estatal no mercado num momento delicado, em que o governo está colocando em prática um amplo programa de concessões.

A presidente decidiu adiar a visita de Estado depois de uma conversa com o presidente americano, Barack Obama, na semana passada. O governo brasileiro avaliou que os Estados Unidos não assumiram compromisso de apurar, explicar e nem cessar a espionagem da NSA. Por meio de nota, o Planalto afirmou que “na ausência de tempestiva apuração do ocorrido, com as correspondentes explicações e o compromisso de cessar as atividades de interceptação, não estão dadas as condições para a realização da visita na data acordada”.

Dilma, no entanto, manteve a agenda de visita a Nova York, onde se realiza a Assembleia Geral da ONU. Pela tradição, o Brasil é o país que abre os debates, que começam amanhã. Na viagem a Nova York, a presidente vai aproveitar para ajudar a promover o programa de concessões brasileiro. Na quarta-feira, ela se juntará ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, num road show com investidores no Goldman Sachs Conference Center. Segundo técnicos da equipe econômica, a presidente Dilma Rousseff deve afirmar que o Brasil entrou em uma nova fase de desenvolvimento, com crescimento sustentado, e destacar que o programa de concessões, que soma R$ 470 bilhões, é uma boa oportunidade de negócios quando o resto mundo ainda caminha lentamente para se recuperar da crise.

FOTO: Grevistas fazem protesto em frente à Escola de Governo durante encontro de prefeitos com Rosalba


SINE oferece 238 vagas de emprego nesta segunda-feira no RN

O Sistema Nacional de Emprego(SINE) oferece 238 vagas nesta segunda-feira(23), para diversos segmentos. Procure o quanto antes uma Unidade do SINE Estadual mais próxima de sua casa. Não se esqueça de levar Carteira Profissional de Trabalho, Nº do PIS, RG, CPF e os comprovantes de residência e escolaridade.

VAGAS NATAL E REGIÃO

AÇOUGUEIRO 3
AGENTE DE SEGURANÇA 1
AJUDANTE DE MOTORISTA 3
AJUDANTE DE PASTELEIRO 1
AUXILIAR DE ADMINISTRAÇÃO 1
AUXILIAR DE CONTAS A RECEBER 1
AUXILIAR DE COZINHA 6
AUXILIAR DE LIMPEZA 2
AUXILIAR DE MARCENEIRO 1
CHURRASQUEIRO 1
CONSULTOR DE VENDAS 1
COSTUREIRA EM GERAL 2
COZINHEIRO DE RESTAURANTE 3
COZINHEIRO GERAL 2
ELETRICISTA 1
FISCAL DE SEGURANÇA 20
GARÇOM 1
INSTALADOR DE ALARMES RESIDENCIAIS 1
MECÂNICO 1
MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO 2
MOTOBOY 2
MOTORISTA OPERADOR DE BOMBA DE CONCRETO 3
OPERADOR DE CAIXA 1
PADEIRO 2
PASTELEIRO 2
POLIDOR DE AUTOMÓVEIS 1
PROMOTOR DE VENDAS 15
RECEPCIONISTA ATENDENTE 1
SOLDADOR 1
TÉCNICO DE CONTABILIDADE 1
TÉCNICO DE TELEFONIA 1
TÉCNICO EM LABORATÓRIO ÓPTICO 2
VIGILANTE 20

Total do Período (106)

VAGAS MOSSORÓ E REGIÃO
AGENTE DE PESQUISA 20
AJUDANTE DE PADEIRO 4
ALIMENTADOR DE LINHA DE PRODUÇÃO 2
ASSISTENTE DE VENDAS 1
ATENDENTE DE BALCÃO 2
AUXILIAR DE CABELEIREIRO 1
AUXILIAR DE COZINHA 2
AUXILIAR DE ESCRITÓRIO 1
AUXILIAR DE LAVANDERIA 1
AUXILIAR DE MECÂNICO DE AUTOS 5
CARPINTEIRO 3
CONFEITEIRO 5
COZINHEIRO GERAL 1
DESENHISTA DE PÁGINAS DA INTERNET (WEB DESIGNER) 1
ELETROTÉCNICO 2
EMPREGADO DOMÉSTICO NOS SERVIÇOS GERAIS 1
ENCARREGADO DE ALMOXARIFADO 1
FISIOTERAPEUTA GERAL 1
FORNEIRO DE PADARIA 3
GARÇOM 2
INSPETOR DE QUALIDADE 2
INSTRUTOR DE INFORMÁTICA 1
MARCENEIRO 1
MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE MOTOCICLETAS 1
MOTOBOY 5
PADEIRO 6
PANFLETEIRO 5
PEDREIRO 6
PINTOR DE AUTOMÓVEIS 1
RECEPCIONISTA ATENDENTE 2
RECEPCIONISTA DE HOTEL 1
REPRESENTANTE COMERCIAL AUTÔNOMO 1
SERVENTE DE OBRAS 6
SUPERVISOR DE VENDAS COMERCIAL 1
TÉCNICO DE EDIFICAÇÕES 1
TÉCNICO EM MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA 2
VENDEDOR DE COMÉRCIO VAREJISTA 6
VENDEDOR PRACISTA 25

Total do Período (132)

Agricultura fecha 12.092 empregos formais

Brasília (AE) - A agricultura fechou 12.092 postos de trabalho com carteira assinada em agosto, no Brasil, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) na última sexta-feira, 20. O setor foi o que mais demitiu, no período.

De acordo com o Caged, a perda de vagas no setor agrícola ocorreu por motivos sazonais e foi menor do que a registrada em agosto do ano passado, quando o número de demitidos chegou a 16.615. Neste ano,  o ramo que apresentou a maior queda de emprego em agosto foi o cultivo de café com o fechamento de 15.554 postos. Os Estados mais atingidos foram Minas Gerais (-11.816) e São Paulo (-2.553).

Outra atividade que apresentou demissões foi a de produção de sementes certificadas, com o fechamento de 1.668 pontos, dos quais 1.542 apenas em Goiás.

Já os ramos que apresentaram os melhores resultados no emprego foram cultivo de cana de açúcar (2.640 postos), de plantas de lavoura temporárias não especificadas (1.846) e cultivo de uva (1.231). No caso de cana de açúcar, mereceram destaque Pará (1.751 postos) e Maranhão (1.366). Quanto ao cultivo de plantas, chamaram a atenção Rio Grande Norte (1.112) e Ceará (808); e ao de uva, Bahia (740) e Pernambuco (445).

O outro setor que fechou o mês de agosto com saldo negativo no mercado de trabalho, só que em menor proporção, foi serviços industriais de utilidade pública. No mês, a atividade demitiu 448 trabalhadores a mais do que contratou, no país.

Crescimento


Se considerado o conjunto de atividades econômicas do país, o Caged mostra que a geração de empregos formais aumentou em agosto. Foram gerados 127.648 empregos formais no país, um crescimento de 0,32% se comparado ao mês anterior.

No acumulado do ano, o emprego cresceu 2,72%, representando o acréscimo de 1.076.511 postos de trabalho. Nos últimos 12 meses foram gerados 937.518 postos, uma elevação de 2,36%. Se analisado o comportamento do emprego de janeiro de 2011 a agosto de 2013, a elevação foi de 10,54%, com abertura de 4.686.790 postos de trabalho no país.

Segundo análise de equipe técnica do MTE, o resultado aponta um maior dinamismo do mercado de trabalho formal. As admissões atingiram 1.845.915 contra 1.718.267, desligamentos. O saldo de 127.648 empregos superou os 100.938 gerados em agosto do ano passado.

O bom desempenho se refletiu em seis dos oito setores da economia, com destaque para o setor de Serviços, que gerou 64.290 mil postos de trabalho, seguido do Comércio, com aumento de 50.070 postos, a Indústria de Transformação, com 11.347 postos, e a Construção Civil, com 11.165 novos empregos.

Produção no Estado é insuficiente



O governo do Rio Grande do Norte foi procurado pela Petrobras em agosto para discutir a reativação do programa de biodiesel e admitiu que, apesar dos esforços dos produtores, o estado não conseguirá suprir a demanda da usina de biodiesel de Guamaré. “Temos potencial para produzir muita coisa, mas ainda não temos condições de garantir a produção da usina”, reconheceu Tarcísio Bezerra, secretário interino de Agricultura do RN.

A estatal preferiu não comentar o fato e se limitou a afirmar que “quando entrar em operação comercial, a unidade utilizará matérias-primas competitivas, considerando possibilidades de suprimento local e regional”.

A usina produzirá 20 milhões de litros de biodiesel por ano. O volume que será necessário para abastecê-la não foi revelado. Para atender a demanda, o estado terá, na avaliação de Bezerra, que  estruturar a cadeia produtiva. “Estamos pensando em convocar as cooperativas e associações para discutir o assunto”.

Antônio Carlos Magalhães, coordenador agropecuário da Secretaria, frisa que a participação dos potiguares no volume fornecido à Petrobras só atingirá um patamar satisfatório se os médios e grandes produtores forem incluídos na lista dos fornecedores de matéria-prima.

“O programa de biodiesel exige uma produção em larga escala. E não dá para ter essa produção sem incluir os médios e grandes produtores do semiárido. Se eles não forem incluídos, não conseguiremos suprir a demanda da usina”, observa.Alargar a base de fornecedores, no entanto, de nada valerá, se a estatal não oferecer um preço justo pela produção. “Sem um preço justo o programa será nati-morto; morrerá antes mesmo de nascer”.

Arrecadação federal bate recorde em agosto


O governo federal arrecadou R$ 83,956 bilhões em impostos e contribuições em agosto, recorde para o período. O resultado representa crescimento real de 2,68% em relação ao mesmo período de 2012, descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os dados foram divulgados hoje (23) pela Receita Federal.

 No acumulado do ano, a arrecadação federal somou R$ 722,234 bilhões, alta de 0,79% na comparação com o mesmo período do ano passado, também descontado o IPCA. Em termos nominais, a arrecadação aumentou R$ 48,658 bilhões de janeiro a agosto deste ano, sem a correção, pela inflação, dos valores arrecadados no mesmo período do ano passado.

De acordo com a Receita, entre os principais fatores que influenciaram a arrecadação está o desempenho dos principais indicadores macroeconômicos, incluindo a produção industrial, com crescimento de 1,35% entre dezembro de 2012 e julho de 2013, e a venda de bens e serviços (3,96% na mesma comparação). Houve ainda, no período, aumento da massa salarial, de 11,65% e do valor em dólares das importações, com acréscimo de 4,63%. Todos os percentuais com fato gerador em julho e influência na arrecadação de agosto.





Agência Brasil

Biólogos tentam descobrir espécie de tubarão que atacou baleia no RN

Biólogos do Rio Grande do Norte ainda tentam identificar a espécie de tubarão que atacou uma das baleias que encalhou no litoral potiguar. Na manhã deste domingo, 30 animais da espécie falsa-orca encalharam na praia de Upanema, em Areia Branca.

Seis delas morreram no local. Outra, que foi devolvida ao mar, acabou morta logo em seguida ao ser atacada em alto-mar. À tarde, o corpo dela voltou à praia com várias marcas de mordidas de tubarão.

“Não  foi encontrado nenhum dente para ajudar na identificação da espécie ou espécies que atacaram o animal”, disse o biólogo Flávio José Lima Silva, coordenador do projeto Cetáceos da Costa Branca, mantido pela Petrobras e pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).

IBGE abre 300 vagas de nível médio

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu concurso público  para 300 vagas do cargo de técnico em informações geográficas e estatísticas A I, da carreira de suporte técnico em produção e análise de informações geográficas e estatísticas. A remuneração varia de R$ 2.813,10 a R$ 4.210,49, dependendo da gratificação. O candidato deve ter nível médio completo e carteira nacional de habilitação.

No site da Cesgranrio, é possível ver o edital (veja aqui o edital).
Entre as atribuições estão coletar dados em diversas fontes, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade; realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa; realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos.

Os profissionais atuarão em municípios do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

As inscrições devem ser feitas de 1º a 24 de outubro pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 50.
A prova objetiva com 60 questões de língua portuguesa, raciocínio lógico, geografia, conhecimentos gerais e específicos e noções de informática será em 1º de dezembro, das 13h às 17h.
O resultado final está previsto para 16 de janeiro de 2014.

Feito refém, gerente é forçado a abrir cofre de Correios no interior do RN

Uma quadrilha armada invadiu a casa e fez refém a família do gerente da agência dos Correios de Baraúna, na região Oeste do Rio Grande do Norte, durante a madrugada desta segunda-feira (23). As informações foram confirmadas ao G1 pelo tenente Luiz Almeida, da Polícia Militar no município. O homem foi levado até a agência e obrigado a abrir o cofre. O valor levado pelos criminosos ainda é desconhecido. Segundo a polícia, os suspeitos fugiram em direção ao Ceará.

De acordo com o relato da vítima à PM, por volta de 1h quatro homens invadiram a casa, onde estavam dormindo ele, a mulher e dois filhos. “Eles queriam que o gerente abrisse o cofre, mas ele explicou que o equipamento só abre em horários específicos”, relatou. As vítimas passaram a madrugada sob domínio dos suspeitos que fizeram várias ameaças. “Eles ameaçavam a família inteira. Detalhavam a rotina da mulher e das crianças, inclusive”, acrescentou o tenente.

Ainda segundo Luiz Almeida, dois dos criminosos levaram o gerente à agência por volta das 7h30. “Eles foram lá para ele abrir o cofre antes do horário de atendimento. Os outros ficaram na casa da família. Faziam ameaças dizendo que se algo acontecesse com eles outros bandidos viriam de Mossoró”, disse. Após conseguirem o dinheiro, os suspeitos fugiram no carro da vítima.

Segundo a PM, após o roubo, os suspeitos rodaram por várias estradas da região com a vítima e depois a abandonaram. “Eles  fugiram em direção ao Ceará e disseram para ele que vão abandonar o carro em alguma estrada”, concluiu o oficial.

Até o momento, ninguém foi preso. A PM aguarda a chegada do gerente ao batalhão para receber mais informações sobre o crime.

CORONEL EZEQUIEL : SDH/PR envia carta ao Prefeito é confirma chegada do Carro para o Conselho Tutelar em 90 dias.

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República - SDH/PR enviou através de E-mail endereçado ao Prefeito Adailton Tavares (TAÚ) Ordem de Serviço do veiculo que será destinado ao conselho tutelar de Coronel Ezequiel. O E-mail confirma que dentro de no máximo 90 dias o carro estará a disposição da comunidade Ezequielense. Confira :

Prezado(a) Prefeito(a),
Informamos que na data de 19/09/2013, foi emitida a Ordem de Serviço n.° 10/2013/CT/Veículo, cópia anexa, relativa à destinação de1 veículo(s) para equipagem do(s) Conselho(s) Tutelar(es) desse município.
O prazo para entrega do bem é de até 90 dias, a contar da data de emissão da referida ordem de serviço. Oportunamente, comunicaremos a data e o local para a realização da vistoria do(s) veículo(a.) Atenciosamente,
Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República - SDH/PR
 
 
 
Via Notícia da Serra

Bando invade casa de gerente e assalta cofre dos Correios em Baraúna

Um bando formado por quatro homens invadiu a casa do gerente dos Correios do município de Baraúna, na região Oeste do estado, durante a madrugada de hoje (23). Segundo a Polícia Militar, o gerente foi levado pelos bandidos à agência e teria sido obrigado a abrir o cofre da agência. O valor levado pelo grupo não foi revelado e, segundo informações da PM, a fuga ocorreu em direção ao estado do Ceará.

Relatos ouvidos pela PM afirmam que os quatro suspeitos invadiram a casa onde o gerente dormia com a mulher e seus dois filhos, no início da madrugada. As vítimas permaneceram sob ameaça do grupo até de manhã e saberiam informações da rotina da família.

A PM disse que o grupo deixou a agência já na manhã de hoje, por volta das 7h30, quando conseguiram o dinheiro e fugiram no carro do gerente. Ele relatou o percurso por outros municípios feito pelos bandidos, antes de abandoná-lo.

Apesar das informações, a Polícia Militar não conseguiu efetuar nenhuma prisão e aguardam a chegada do gerente ao batalhão para que sejam repassadas mais informações sobre o ocorrido.

Médicos formados no exterior participam de recepção nos municípios

Os profissionais com diploma estrangeiro participantes do programa Mais Médicos no Rio Grande do Norte começam hoje (23) a participar de uma apresentação do quadro da saúde do município onde trabalharão, bem como à equipe com quem vão atuar e a situação geral da população atendida. Eles estão nessas cidades desde o sábado (21).

Após essa apresentação e com o registro provisório, a ser concedido pelo Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (Cremern), os profissionais de diplomas estrangeiros podem começar a clinicar e atender os pacientes. Até a última quinta-feira (19), quando uma plenária do Conselho Federal de Medicina decidiu conceder esse registro, havia um impasse entre CRMs e secretarias.

Segundo Uiacy Alencar, coordenadora do programa no RN, o conselho estaria cobrando documentações além das determinadas pelo Ministério da Saúde e teria surpreendido a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Ela firma que a secretaria enviou a documentação dos participantes em três momentos: no dia 10, no dia 19 e hoje de mais um médico, que teve problema com a cópia de um documento específico, mas que já foi resolvido. 

Agora, cada conselho regional tem o prazo de até 15 dias, desde o envio dos dados, para emitir esse registro provisório. Segundo o Cremern, esse provisório começa a ser concedido hoje, após decisão do CFM na quinta passada.

Prefeito de JAÇANÃ recebe hoje Caminhão Pipa do MDA .

O prefeito Esdras Farias já se encontra na capital do RN onde estará participando daqui a pouco da cerimonia de entrega de caminhão pipa para o Município de JAÇANÃ. Na ocasião serão entregues 18 equipamentos a 18 municípios, em um investimento de R$ 4,5 milhões do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). 

Mais de 70 mil moradores da zona rural, dentre eles cerca de oito mil famílias de agricultores, serão beneficiados. Na avaliação do delegado federal do MDA no estado, Raimundo Costa, o ato reforça outras medidas do Governo Federal de convivência com o semiárido. “A nossa expectativa é que eles possam contribuir, somadas a outras ações que o Governo Federal tem desenvolvido no estado, com a perfuração de poços, barragens submersas, recuperação dos açudes e garantia do acesso à água nesses municípios”, destaca.

Ao todo, 149 municípios do Rio Grande do Norte serão contemplados com os caminhões-pipa, o que totaliza um investimento de R$ 35,3 milhões. “Em 80 municípios do Rio Grande do Norte choveu menos de 300 milímetros este ano e boa parte deles serão beneficiados com a distribuição de caminhões-pipa”, ressalta o delegado.

Os caminhões-pipas integram o conjunto de cinco equipamentos que o Governo Federal vai entregar para o Semiárido – retroescavadeira, motoniveladora, caminhão-caçamba, caminhão-pipa e pá carregadeira.

Máquinas do PAC 2
Grossos
Guamaré
Ielmo Marinho
Ipanguaçu
Ipueira
Itajá
Itaú
Jaçanã
Janduís
Januário Cicco
Japi
Jardim De Angicos
Jardim De Piranhas
Jardim Do Seridó
João Câmara
João Dias
José Da Penha
Jucurutu


Via Notícias da Serra